Felipe Rau/ Estadão
Felipe Rau/ Estadão

São Paulo tem dois gols anulados e empata clássico com o Palmeiras pelo Brasileirão

Lance polêmico no fim do jogo invalidou tento da equipe do Morumbi, ocasionou a expulsão de Rigoni e manteve o placar inalterado da partida

João Prata, O Estado de S.Paulo

31 de julho de 2021 | 21h09

O São Paulo teve dois gols anulados com a ajuda do VAR e ficou no empate sem gols com o Palmeiras na noite deste sábado, no Morumbi, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado é melhor para os visitantes, que permanecem na liderança, mas veem acabar a sequência de nove vitórias consecutivas - sete pela competição nacional e duas pela Libertadores. O time da casa mantém a invencibilidade agora de sete jogos sem perder para o rival, deixa provisoriamente a zona de rebaixamento, mas pode retornar ao grupo dos quatro piores no complemento da rodada.

A partida também é de certa maneira uma prévia para as equipes dos duelos pelas quartas de final da Libertadores (dias 10 e 18). Com muitos desfalques para os dois lados, as equipe fizeram um jogo bastante brigado. O Palmeiras, por exemplo, não teve Dudu com dores no pé. O São Paulo não pôde contar Benitez, suspenso. 

A equipe de Hernán Crespo foi mais criativa em campo e o Palmeiras tentava ser mais objetivo. O primeiro tempo foi mais movimentado com boas chances para os dois lados. Marquinhos criou a primeira chance para o time da casa ao bater cruzado e a bola saiu pela lateral. Deyverson respondeu tentando encobrir Volpi, que mandou para escanteio. Em seguida, Wesley obrigou o goleiro são-paulino fazer boa defesa.

A parte final da primeira etapa foi do São Paulo. Rigoni chegou a mandar para a rede, mas o VAR confirmou impedimento do atacante. O árbitro de vídeo também foi chamado para um possível pênalti de Gustavo Gómez em Marquinhos. Mas os árbitros entenderam que o choque foi normal.

O segundo tempo foi mais truncado. O São Paulo perdeu logo no início Marquinhos por lesão muscular. A equipe tricolor mesmo assim continuava superior. 

Aos 43, veio a maior polêmica do jogo. Reinaldo cobrou falta e Gustavo Gómez  desviou contra para as redes. Ao consultar o vídeo, o árbitro assinalou impedimento de Miranda que teve participação indireta na jogada. Houve muita reclamação por parte dos são-paulinos. Miranda recebeu amarelo e Rigoni foi expulso. 

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 0 x 0 PALMEIRAS

São Paulo: Tiago Volpi; Igor Vinícius, Miranda, Léo e Reinaldo; Rodrigo Nestor (Talles), Liziero, Igor Gomes e Gabriel Sara; Rigoni e Marquinhos (João Rojas). Técnico: Hernán Crespo.

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Renan; Danilo (Patrick de Paula), Zé Rafael, Gustavo Scarpa (Veron) e Raphael Veiga (Victor Luis); Wesley (Breno Lopes) e Deyverson (Willian). Técnico: Abel Ferreira.

Juiz: Luiz Flávio de Oliveira (SP).

Amarelos: Rodrigo Nestor e Miranda; Breno Lopes, Danilo e Felipe Melo.

Vermelho: Rigoni.

Local: Morumbi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.