São Paulo tem volta de Adriano contra Noroeste

'Será um reforço importante nesse momento, porque ele faz a diferença', afirma Muricy Ramalho

Giuliano Villa Nova, O Estado de S. Paulo

23 de fevereiro de 2008 | 15h01

Para evitar um novo tropeço, o São Paulo conta neste domingo, contra o Noroeste às 16 horas (com transmissão online do estadao.com.br) com a volta do centroavante Adriano, que cumpriu dois jogos de suspensão pela expulsão contra o Santos. "Será um reforço importante nesse momento, porque ele faz a diferença para qualquer time", diz o técnico Muricy Ramalho.Veja também: São Paulo fecha a contratação do atacante Éder LuisEste é o último teste para o time são-paulino antes da estréia na Taça Libertadores, na quarta-feira, contra o Nacional de Medellín, na Colômbia. E o estilo do rival de Bauru pode favorecer a preparação da equipe adversária. "Como todos os times que atuam no Morumbi, eles virão fechados e vão explorar os contra-ataques", aposta o treinador, que alerta para a força do conjunto do adversário.   Além da volta de Adriano, um dos trunfos do São Paulo pode ser a força de vontade do atacante Borges, animado por ter marcado os primeiros gols no ano, nos 2 a 1 sobre o Paulista. "Não importa se serei titular no resto do ano, quero fazer o melhor pelo São Paulo e sei que estou ajudando o time", observou o atacante, artilheiro da equipe no ano passado, com 13 gols. São Paulo Rogério Ceni; Alex (Zé Luis), Juninho e Miranda; Rafael (Reasco) Hernanes, Fábio Santos, Jorge Wagner e Richarlyson; Borges e Adriano Técnico: Muricy Ramalho Noroeste Fabiano; Danilo Dias, Bonfim, Éder Monteiro e Leandro; Júlio, Ralf, Edno e Bebê; Vandinho e Otacílio Neto Técnico: Márcio Bittencourt Árbitro: Leonardo Ferreira LimaEstádio: MorumbiHorário: 16 horasRádio: Eldorado/ESPN - AM 700STV: Pay-per-view   PUXÃO DE ORELHAMas os jogadores entrarão em campo ainda sob o impacto da bronca do goleiro Rogério Ceni, que admitiu a baixa produção da equipe. "Ainda não temos um time formado. É preocupante, mas temos a fase de classificação do Paulista e da Libertadores para tentar nos acertar", disse o camisa 1.   Como não houve tempo para fazer treinamentos depois do jogo contra o Paulista, na quinta-feira, o técnico Muricy Ramalho não antecipou a escalação, mas deve preservar o lateral-direito Joilson para o primeiro jogo na Libertadores. Rafael e Reasco disputam a posição. Zé Luis, que teve boa atuação no último jogo, pode permanecer, mas André Dias, que estava suspenso, pode voltar e compor o trio de defesa com Miranda e Juninho.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCNoroestePaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.