Clayton de Souza
Clayton de Souza

São Paulo teme propostas por Ganso já em janeiro

Desempenho do meia e possível convocação para seleção podem atrair interessados

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

15 de dezembro de 2014 | 07h00

Enquanto busca reforços para a próxima temporada, o São Paulo também abre o olho para possíveis interessados em seus jogadores. A avaliação é que Ganso é o nome mais forte para deixar o clube já em janeiro, quando abre a janela de transferência dos clubes europeus.

O meia terminou a temporada aclamado como um dos melhores jogadores da posição no Brasil e sua convocação para a seleção voltou a ser defendida por parte da imprensa. Dirigentes acreditam que o fato de atuar com Kaká no segundo semestre aumentou sua projeção e isso pode aumentar o assédio.

Ganso chegou ao São Paulo em 2012 por R$24 milhões vindo do Santos e demorou para se encontrar no novo clube. Chamado de "incurável" pelo ex-presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, por causa das muitas lesões, terminou o ano tendo jogado 61 dos 69 jogos da equipe e reverenciado por Kaká e Rogério Ceni como um dos pilares da próxima temporada.

Propostas, no entanto, não chegaram. "Tomara que não venha para o Ganso, nem para o Luis Fabiano, para o Alan Kardec e para ninguém", disse o vice de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, à Rádio Transamérica. O São Paulo ainda não tem interessados, mas sabe do desejo do jogador em atuar na Europa em determinado momento da carreira.

O presidente Carlos Miguel Aidar chegou a dizer que precisaria vender pelo menos mais um jogador para equilibrar as finanças do clube, mas a torcida é que não seja o meia a dizer adeus. Por enquanto, ainda não surgiram interessados. Sorte do São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.