Márcio Fernandes/AE
Márcio Fernandes/AE

São Paulo tenta colocar pressão no líder Palmeiras

Time precisa da vitória contra o Náutico para diminuir a diferença para o líder do Campeonato Brasileiro

Marcius Azevedo, Jornal da Tarde

30 de setembro de 2009 | 08h06

Com cinco pontos de desvantagem para o líder Palmeiras, o São Paulo abre a 27.ª rodada do Brasileirão precisando da vitória para se manter na briga pelo título. Em jogo que foi antecipado do fim de semana, o time enfrenta nesta quarta-feira o desesperado Náutico, a partir das 21h50 (com acompanhamento do estadao.com.br e da rádio Eldorado/ESPN - AM 700/FM 107,3), no Estádio dos Aflitos, em Recife.

Veja também:

linkNáutico conta com a torcida para vencer

linkHugo aposta em retrospecto para ser titular

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O São Paulo ocupa atualmente a terceira colocação, atrás também do Goiás, que tem 45 pontos e leva vantagem no número de vitórias. E espera ganhar do Náutico, time que luta contra o rebaixamento no Brasileirão, para colocar pressão no líder Palmeiras, que só joga no domingo, contra o Santos, na Vila Belmiro.

"Com certeza será mais difícil do que no ano passado. Já debatemos aqui que nossa recuperação foi importante, mas não seria suficiente porque tem outros candidatos", afirmou o técnico Ricardo Gomes, ao ser questionado sobre o campeonato de 2008, quando o São Paulo tirou 11 pontos de diferença para o Grêmio e ficou com o título.

A dificuldade da tarefa são-paulina fez o treinador reunir o elenco durante quase uma hora nesta terça-feira, após o último treino da equipe antes do jogo em Recife. "Foi uma conversa nossa, particular, prefiro não comentar", afirmou o goleiro Bosco, que será novamente o titular, no lugar do contundido Rogério Ceni.

 NÁUTICO
Glédson; Vágner, Cláudio Luiz e Márcio; Patrick, Derley, Aílton, Irênio e Michel; Carlinhos e Bruno Mineiro
Técnico: Geninho
 SÃO PAULO
Bosco; Renato Silva, André Dias e Miranda; Jean, Richarlyson, Hernanes, Jorge Wagner e Junior Cesar; Hugo e Borges
Técnico: Ricardo Gomes
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)

Estádio: Aflitos, no Recife (PE)

Horário: 21h50

Rádio: Eldorado/ESPN - AM 700/FM 107,3

TV: Band e Globo

"O Ricardo mantém sempre o humor, não importa derrota ou vitória, não altera. Estava como sempre", explicou Bosco, insistindo em não revelar os detalhes da conversa. Mas a reunião serviu para o treinador cobrar melhor desempenho do time, que empatou os dois últimos jogos - Santo André e Corinthians. Agora, a vitória é fundamental.

"Quero é somar muitos pontos e nas últimas duas ou três rodadas ver como ficará. Estamos embolados aí com outros. Nosso resultado vai ser importante para o São Paulo", afirmou o treinador, que prefere não comentar a aproximação dos rivais. "Não perco tempo com isso, é somar pontos, tem equilíbrio e nada está garantido."

"A gente prepara o jogo contra o Náutico e o objetivo é vencer. Não dá para falar do líder, dos concorrentes, do G-4. Temos de pensar apenas no Náutico", reforço Ricardo Gomes. E o técnico sabe que o jogo nos Aflitos Recife será muito difícil. Afinal, o time pernambucano precisa da vitória para não entrar na zona de rebaixamento.

"Quando o time está em dificuldade, o jogo em casa é de extrema importância. A briga embaixo é duríssima. Esperamos um jogo com muita dificuldade, mas não vamos mudar nossa maneira de jogar, vamos tentar os três pontos", afirmou Ricardo Gomes, consciente de que o São Paulo não pode mais tropeçar na caminhada rumo ao título.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.