Luiz Pires/Vipcomm
Luiz Pires/Vipcomm

São Paulo tenta ganhar moral antes do clássico com o Corinthians

Time tricolor quer embalar diante do Comercial, a partir das 21h50, no Morumbi

Bruno Deiro, Agência Estado

09 de fevereiro de 2012 | 08h03

SÃO PAULO - Com 13 gols marcados, o São Paulo ostentou o melhor ataque nas cinco primeiras rodadas do Paulistão e não poderia encontrar um rival melhor antes do duelo de domingo com o Corinthians. Para chegar ainda mais embalado no clássico, o time entra em campo nesta quinta-feira, às 21h50 (de Brasília, com transmissão ao vivo da rádio Estadão ESPN), no Morumbi, com a missão de atropelar o Comercial, cuja defesa é uma das piores do campeonato (12 gols sofridos).

Por ordem do técnico Emerson Leão, os jogadores do São Paulo tentaram a todo custo evitar falar sobre o clássico contra o Corinthians. Eles reconhecem, porém, que a partida desta quinta-feira é a chance de ganhar moral para domingo.

"O jogo contra o Comercial vai servir como o último teste antes do clássico. O Leão vai botar João Filipe na direita para ver como ele vai se sair, pois não sabemos se o Piris vai voltar", disse o zagueiro Rhodolfo, que novamente vai vestir a braçadeira de capitão do São Paulo. "É uma chance boa, para quem entrar, de mostrar que tem condições de jogar no domingo."

No banco, o São Paulo terá pela primeira vez o atacante Osvaldo. Após a longa novela que envolveu a sua contratação, o jogador se apresentou seis quilos abaixo de deu peso ideal e teve de passar por um trabalho de recondicionamento físico. Deve iniciar o jogo na reserva, mas tem grande chance de entrar no segundo tempo.

Pensando no clássico de domingo, Leão decidiu poupar o volante Wellington (pendurado com dois cartões amarelos) e vai escalar um meio-de-campo ofensivo, com Casemiro como primeiro volante. O jogador, que chegou a ser caracterizado como meia por outros técnicos, terá a missão de dar proteção à zaga, que mostrou fragilidade em alguns jogos.

COMERCIAL

O clima é de mistério e silêncio no Comercial. Depois da derrota para o Mogi Mirim na última rodada, a diretoria do clube resolveu aplicar a lei da mordaça e proibiu qualquer funcionário de falar com a imprensa. Além disso, foi vetada a produção de fotografias e imagens durante os treinamentos.

Mesmo assim, a direção do clube anunciou a contratação do volante Ricardo Conceição, ex-Santo André e Ponte Preta, e do atacante Alex Rafael, que era do Red Bull. Mas os dois ainda não vão estrear nesta quinta-feira, contra o São Paulo. Desfalque certo para o treinador Márcio Fernandes é o volante Vágner, que foi expulso na derrota para o Mogi Mirim. Assim, Jonílson deve ser o substituto.

SÃO PAULO - Denis; João Filipe, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Casemiro, Cícero, Maicon e Jadson; Lucas e Willian José. Técnico: Emerson Leão.

COMERCIAL - Alex Santana; Sidny, Fabão, Rafael Tavares e Rossato; Jonílson, Jordã, Carlos Magno e Romerito; Henan e Elionar Bombinha. Técnico: Márcio Fernandes.

Árbitro - Leandro Bizzio Marinho; Horário - 21h50 (de Brasília); TV - Pay-per-view; Rádio - Estadão ESPN (AM 700/FM 92,9); Local - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.