São Paulo tenta manter embalo para chegar à liderança

Time está de olho em mais um recorde de invencibilidade no Brasileirão; em 2007, foram 16 partidas sem perder

AE, Agencia Estado

27 de outubro de 2008 | 10h50

Pela primeira vez na atual edição do Campeonato Brasileiro, o São Paulo terminou uma rodada na vice-liderança - tem 56 pontos, três atrás do líder Grêmio. Além de terem feito sua parte na última quinta-feira, quando derrotaram o Vitória no Morumbi, os são-paulinos ainda contaram com as derrotas de Palmeiras e Cruzeiro no sábado, ficando mais perto do terceiro título seguido. Veja também:Volante Hernanes não quer saber de 'secar o adversário' Veja as chances de título e de rebaixamento no Brasileirão Classificação Calendário / Resultados Vote: quem vai ficar com o título do Brasileirão? Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Para chegar ao inédito tricampeonato brasileiro, o zagueiro André Dias acredita que o time depende de suas próprias forças, mesmo estando três pontos atrás do Grêmio. "Temos o privilégio de não enfrentar mais nenhum adversário direto nesses jogos que faltam e se ganharmos nossos jogos, chegaremos na frente", avisou o jogador.Uma prova disso, segundo André Dias, é a boa fase são-paulina no Brasileirão. Já são 11 partidas seguidas sem derrota. Assim, se mantiver o embalo, o São Paulo pode até mesmo fechar o ano com um novo recorde de invencibilidade, superando a própria marca de 2007, quando ficou 16 jogos sem perder.O recorde de invencibilidade de 2007 foi alcançado entre a 13.ª e a 29.ª rodadas do Brasileirão, quando o São Paulo acabou ficando com o título. Nesta edição, o time perdeu pela última vez justamente para o líder Grêmio, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre, ainda em 17 de agosto, pela primeira rodada do segundo turno do campeonato.A tão sonhada liderança só seria possível, portanto, em duas rodadas. O São Paulo teria de vencer o Botafogo na quarta-feira, no Rio, e torcer por uma derrota do Grêmio contra o Cruzeiro, no mesmo dia, em Belo Horizonte. Um empate no duelo do Mineirão também não seria ruim para os são-paulinos, já que o clube mineiro também luta pelo título.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.