Divulgação
Divulgação

São Paulo tenta 'milagre' contra o Santos na Vila Belmiro

Peixe venceu seus últimos 11 jogos na Baixada no Brasileiro

Ciro Campos e Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

28 de outubro de 2015 | 07h00

Santos e São Paulo definem nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, às 22h, uma vaga na final da Copa do Brasil. Os dois times entram em campo tentando esquecer o resultado do primeiro jogo. A equipe da casa prefere deixar de lado a vantagem para não se acomodar, enquanto que os visitantes tentam não se desesperar e fazer com que obsessão de reverter o placar atrapalhe o time.

Os 3 a 1 aplicados pelo Santos na semana passada, no Morumbi, fazem a disputa na semifinal se apresentar de formas opostas para os dois times. Os donos da casa se veem nesta quarta-feira na confortável condição de poder perder por até 2 a 0, enquanto o São Paulo busca se apegar no desafio de reação.

Desde 1957 o time não bate o Santos na Vila Belmiro por três gols de diferença e terá a missão de conquistar a vitória em um estádio onde a equipe do técnico Dorival Junior vem de 11 vitórias consecutivas no Campeonato Brasileiro, sendo uma delas foi diante do próprio time do Morumbi, quando ganhou por 3 a 0 em setembro, sem grandes dificuldades.

A insistência em acreditar na possibilidade de virada motiva os são-paulinos para coroar a temporada com ao menos um título. Rogério Ceni tem na Copa do Brasil a chance derradeira de ser campeão antes de se aposentar e, nos últimos dias, presenciou no elenco os jogadores se motivarem para tentar a virada na semifinal.

“Depois da derrota no Morumbi eu perguntei para todos no vestiário se acreditavam na reação. Todos falaram que sim. Isso virou assunto de que podemos virar”, explicou o atacante Alan Kardec.

O técnico Doriva definiu a escalação em treino fechado ontem no CT da Barra Funda. Sem o volante Thiago Mendes, suspenso, a saída será optar por Wesley ou Hudson. A tendência é a equipe tentar uma postura mais ofensiva e com jogadas aéreas, pois a defesa do Santos teve problemas com cruzamentos no último confronto.

“Todos estão falando que é impossível, mas o grupo não largou e vamos lutar até o final por essa vaga na Libertadores. Lógico que tínhamos que brigar pelo título, mas em um ano complicado isso já seria uma vitória muito grande”, disse o lateral-direito Bruno.

No Santos, Victor Ferraz continua fora por causa de uma lombalgia. Assim, Daniel Guedes está mantido na lateral-direita. O time é o mesmo que jogou semana passada no Morumbi e conseguiu se impor na casa do adversário.

A ideia do técnico Dorival Junior é que o time mantenha a postura ofensiva das últimas partidas e jogue para ganhar, mesmo com o placar construído no jogo de ida. Na visão do treinador, se o time ficar no seu campo de defesa para buscar o contra-ataque, será sufocado pelo adversário.

“Dentro de casa, com o apoio do nosso torcedor, vamos em busca da vitória. Não vamos jogar com o regulamento em baixo do braço. Pode ter certeza que vamos impor o nosso ritmo e propor o nosso jogo”, disse Ricardo Oliveira.

Poupado do jogo contra o Figueirense, sábado, pelo Campeonato Brasileiro, o atacante de 35 anos ficou no banco e jogou apenas os minutos finais. Agora, retorna à equipe descansado e motivado. “Pude descansar bem, fazer alguns exercícios de fortalecimento, aprimorar a parte física, o que não tive tempo para fazer antes. E agora estou 100%. Espero fazer gols que possam contribuir para o sucesso coletivo”, disse.

FICHA TÉCNICA

SANTOS

Vanderlei; Daniel Guedes, Werley, David Braz e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima; Gabriel, Ricardo Oliveira e M. Gabriel Técnico: Dorival Junior

SÃO PAULO

Rogério Ceni; Bruno, Lucão, Luiz Eduardo e M. Reis; Rodrigo Caio Hudson (Wesley) e Ganso; M. Bastos, Pato e L. Fabiano. Técnico: Doriva

Juiz: Luiz Flávio de Oliveira

Local: Vila Belmiro Horário: 22h

Na TV: Globo e Band

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolCopa do BrasilSão Paulo FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.