São Paulo tenta mostrar força como visitante no Brasileirão

Se bater o Botafogo no Engenhão, clube pode terminar rodada com o mesmo número de pontos do líder Grêmio

Marcius Azevedo, Agencia Estado

29 de outubro de 2008 | 07h37

O Campeonato Brasileiro já provou o quanto está difícil vencer fora de casa. E o São Paulo, atual bicampeão, sabe que terá de somar vitórias como visitante se quiser alcançar novamente o título. Para isso, o primeiro passo será dado nesta quarta-feira, no jogo contra o Botafogo, a partir das 21h50 (com acompanhamento do estadao.com.br), no Engenhão, no Rio. Veja também: Classificação e resultados do Brasileirão Vote: quem vai ficar com o título do Brasileirão? Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão "Para ser campeão, nós temos de vencer fora na reta final. Só empatar não adianta. Isso precisa ser o nosso diferencial", admitiu o zagueiro Miranda. "Daqui pra frente, só podemos pensar em vitórias, sem importar em qual estádio iremos jogar."Entre os cinco times que ainda disputam o título brasileiro, o São Paulo tem, ao lado do Palmeiras, o pior aproveitamento co  BotafogoRenan; Alessandro, Renato Silva, André Luis e Tiaguinho; Leandro Guerreiro, Túlio, Diguinho e Zé Carlos (Lucas); Jorge Henrique e Wellington PaulistaTécnico: Ney Franco São PauloRogério Ceni; Rodrigo, André Dias e Miranda; Bruno, Jean, Hernanes, Hugo e Jorge Wagner; Dagoberto e BorgesTécnico: Muricy RamalhoÁrbitro: Sergio da Silva Carvalho (DF)Estádio: Engenhão, no RioHorário: 21h50TV: Globo e Bandmo visitante - ambos conseguiram somar apenas 37,7% dos pontos que disputaram longe do Morumbi e do Palestra Itália. O Flamengo, por exemplo, conquistou 51,1%. E Cruzeiro e Grêmio registram 44,4% fora de casa."Agora ninguém pode errar mais. São jogos importantíssimos. O lado emocional contará muito. Os times precisam estar concentrados, porque o campeonato está muito equilibrado. Um erro qualquer pode fazer com que o seu time fique fora", discursou o técnico Muricy Ramalho, que viu o seu time somar 17 pontos como visitante, com três vitórias, oito empates e quatro derrotas.Em segundo lugar no Brasileirão, com 56 pontos - três a menos do que o líder Grêmio -, o São Paulo terá uma única novidade no jogo desta quarta-feira. É o volante Bruno, de apenas 20 anos, que foi escolhido por Muricy para substituir o suspenso Zé Luís.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.