Érico Leonan/Divulgação
Érico Leonan/Divulgação

São Paulo tenta se mostrar preparado em estreia de Doriva

Time encara o Fluminense e precisa provar força para reta decisiva

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

14 de outubro de 2015 | 07h00

O técnico Doriva estreia nesta quarta-feira no comando do São Paulo cercado de expectativas contra o Fluminense, no Rio, pelo Campeonato Brasileiro, às 22h. A equipe terá de mostrar que está pronta para a reta final da temporada, adaptada ao novo treinador e livre dos problemas políticos no comando do clube.

O São Paulo que terá de passar por tantas provações no Maracanã tem poucos problemas no elenco. Somente o lateral-esquerdo Carlinhos e o meia Michel Bastos estão machucados e não vão jogar. Até mesmo o atacante Alan Kardec volta a ser relacionado após seis meses, período em que se recuperou de cirurgia no joelho direito.

O novo treinador teve seis dias para trabalhar e arrumar o time desde que assumiu o lugar deixado pelo colombiano Juan Carlos Osorio. A responsabilidade de Doriva é grande pela proximidade de decisões por vaga na Copa Libertadores nas nove rodadas finais do Brasileiro e a disputa da semifinal da Copa do Brasil.

O estilo de trabalho mudou bastante em comparação a Osorio, mas os jogadores afirmaram que não houve problema de adaptação. "O diferente é o Osorio. O Doriva é mais tradicional, procura trabalhar posicionamentos táticos e entrosar mais a equipe", disse o volante Hudson.

O São Paulo deve ter postura mais cautelosa e sem improvisações para encarar o Fluminense. O time titular tem treinado junto desde sexta-feira, sempre no esquema 4-2-3-1. Doriva não deve manter a postura ofensiva de Osorio e escalar uma formação mais cautelosa.

Antes improvisado como volante, Breno volta à posição de origem, como zagueiro. No meio-campo, Hudson e Thiago Mendes vão cuidar de marcação. Rogério e Alexandre Pato terão o papel de criar jogadas pelas pontas e o atacante centralizado será Luis Fabiano.

Em quinto lugar no Brasileiro, o São Paulo busca vencer e torcer por um tropeço do Santos para retornar ao G-4. O Alvinegro é também o adversário direto do clube do Morumbi por vaga na final da Copa do Brasil.

O Fluminense tenta se afastar da zona de rebaixamento e tem dois desfalques. Os lesionados Wellington Silva e Pierre dão lugar para Breno Lopes e Gerson.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE X SÃO PAULO

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Higor Leite, Gum, Marlon e Breno Lopes; Jean, Cícero, Gerson e Gustavo Scarpa; Marcos Junior e Fred.Técnico: Eduardo Baptista.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno, Breno, Luiz Eduardo e Matheus Reis; Hudson, Thiago Mendes e Ganso; Rogério, Pato e Luis Fabiano. Técnico: Doriva.

Juiz: Braulio da Silva Machado (SC) 

Local: Maracanã, no Rio

Horário: 22h

Na TV: Globo e Band

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.