Rubens Chiri/São Paulo
Rubens Chiri/São Paulo

São Paulo tenta superar desfalques para vencer a 1ª contra Fortaleza no ano

Técnico Rogério Ceni deverá voltar a atuar com formação diferente dos últimos dois jogos

Redação, Estadão Conteúdo

09 de novembro de 2021 | 20h37

O último treino do São Paulo para o duelo contra o Fortaleza, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, aconteceu na tarde desta terça-feira. Com apenas dois dias de preparação, o técnico Rogério Ceni terá que buscar soluções disponíveis no elenco para tentar reverter o desempenho ruim diante dos cearenses em 2021. O time paulista enfrentou a equipe de Juan Pablo Vojvoda três vezes nesta temporada e não conseguiu vencer.

O primeiro encontro entre as duas equipes aconteceu pelo Brasileirão, no primeiro turno, e terminou com vitória por 1 a 0 do Fortaleza, no estádio do Morumbi. Pelas quartas de final da Copa do Brasil, o São Paulo ficou perto de conquistar uma vitória, mas sofreu o empate por 2 a 2 já nos minutos finais. No duelo de volta, o Fortaleza conseguiu a classificação com uma vitória por 3 a 1.

Após a derrota para o Bahia, o elenco são-paulino se reapresentou em Salvador na última segunda-feira, fazendo um trabalho regenerativo com os atletas titulares. A preparação foi finalizada na tarde desta terça, já em Fortaleza, com novo treinamento no CT do Ceará. Após exercícios físicos, o treinador comandou atividades técnicas e táticas.

Sem poder contar com o zagueiro Arboleda, que defenderá a seleção do Equador pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, Rogério Ceni deverá voltar a atuar com formação diferente dos últimos dois jogos. A não ser que promova a entrada de Bruno Alves para atuar ao lado de Léo e Miranda na zaga, a formação titular da equipe voltará a ter dois zagueiros. Benítez, que entrou bem na última partida, poderá ganhar lugar caso a formação seja 4-4-2.

No ataque, Ceni tem um retorno e uma baixa. Calleri, que se recuperou recentemente de lesão e atuou apenas por alguns minutos no último jogo, deve voltar de vez ao time. Ele fará dupla de ataque com Luciano, já que Rigoni está suspenso, pois recebeu o terceiro cartão amarelo.

O time do São Paulo tem oscilado nas últimas quatro rodadas, com duas vitórias, sobre Corinthians e Internacional, e duas derrotas, contra Red Bull Bragantino e Bahia. Todos os jogos terminaram com placar de 1 a 0.

A provável escalação que Rogério Ceni deve mandar a campo tem: Tiago Volpi; Orejuela, Léo, Miranda e Reinaldo; Liziero, Igor Gomes, Gabriel Sara e Benítez (Marquinhos); Calleri e Luciano. Com 37 pontos, o São Paulo está na 14ª colocação do Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.