Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

São Paulo tenta superar retrospecto ruim contra colombianos

Clube soma três eliminações para equipes do país em competições sul-americanas

Ciro Campos - Enviado especial a Medellin, O Estado de S.Paulo

12 de julho de 2016 | 07h17

Se ao passar pelo Atlético-MG, o São Paulo comemorou por ter colocado fim à sina de sete eliminações seguidas para times brasileiros na Libertadores, encontrou na semifinal o segundo cenário mais temido. A Colômbia tem sido o maior causador de eliminações do clube. O Atlético Nacional abriu vantagem na semifinal e pode sacramentar a quarta vitória de times do país sobre a equipe do Morumbi.

Neste século, em confrontos eliminatórios de competições internacionais, o São Paulo teve 17 derrotas. Destas, 11 foram para equipes brasileiras, entre torneios como Libertadores, Copa Sul-Americana e Recopa Sul-Americana. As quedas para times do exterior tiveram como responsáveis três colombianos, dois argentinos e um clube paraguaio.

O Nacional de Medellín, que, após fazer 2 a 0 no Morumbi abriu vantagem na disputa, foi o último algoz colombiano. Em 2014, o time comandado pelo técnico Juan Carlos Osorio eliminou o São Paulo nos pênaltis na semifinal da Copa Sul-Americana. Em 2007, pela mesma competição, o Millonarios, de Bogotá, levou a melhor sobre a equipe do Morumbi com duas vitórias nos confrontos válidos pelas quartas de final.

"Nós acreditamos no trabalho. Esse é o principal fator para acreditar, trabalhar no dia-a-dia para fazer o melhor. Os jogadores estão concentrados, confiantes para colocar em prática aquilo que sabemos. Poucas pessoas acreditavam que a nossa equipe chegaria onde está hoje", afirmou o atacante Alan Kardec.

Em Libertadores a derrota mais marcante do clube para os colombianos foi em 2004. O São Paulo retornava à competição após dez anos de ausência e foi eliminado com a derrota por 2 a 1 para o Once Caldas, em Manizales, com gol sofrido nos minutos finais. O encontro também valia vaga na final do torneio, que acabou vencido pelo próprio time colombiano. Um fato curioso é que na campanha dos três títulos conquistados na Libertadores, o São Paulo não chegou a enfrentar equipes do país vizinho.

Nesses últimos anos, o São Paulo só conseguiu se dar bem contra times colombianos em mata-matas exatamente contra o Nacional, adversário desta quarta-feira pela Libertadores. Em 2013, pelas quartas de final da Sul-Americana, o time paulista ganhou por 3 a 2 no Morumbi e empatou sem gols em Medellín para avançar à fase seguinte.

Eliminações em competições internacionais:

Libertadores 2015 - Cruzeiro

Sul-Americana - 2014 - Atlético Nacional

Sul-Americana - 2013 - Ponte Preta

Recopa - 2013 - Corinthians

Libertadores - 2013 - Atlético-MG

Sul-Americana - 2011 - Libertad

Libertadores - 2010 - Inter

Libertadores - 2009 - Cruzeiro

Sul-Americana - 2008 - Atlético-PR

Sul-Americana - 2007 - Millonarios

Libertadores - 2007 -  Grêmio

Recopa - 2006 - Boca Juniors

Libertadores - 2006 - Inter

Sul-Americana - 2005 - Inter

Sul-Americana - 2004 - Santos

Libertadores - 2004 - Once Caldas

Sul-Americana - 2003 - River Plate

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.