São Paulo terá duas mudanças para jogo com Botafogo

De olho no setor defensivo, Muricy Ramalho escala o jovem volante Bruno; Borges volta ao ataque

Redação,

28 de outubro de 2008 | 11h47

Com Zé Luís e Richarlyson suspensos pelo terceiro cartão amarelo, alguém até pode imaginar que o São Paulo terá problemas para escalar o time que enfrenta o Botafogo, nesta quarta-feira, no Engenhão. Não é o que pensa Muricy Ramalho. No treinamento desta terça, o técnico escalou o jovem Bruno entre os titulares. Veja também:Anderson volta a ser relacionado no São PauloMuricy decide antecipar concentração no São PauloRogério Ceni diz que Grêmio é o favorito ao títuloVeja as chances de título e de rebaixamento no Brasileirão Classificação Calendário / Resultados Vote: quem vai ficar com o título do Brasileirão? Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão "O Bruno é um primeiro volante. Jogador que ocupa espaço na zaga e já que a gente está com problemas nesse setor, optamos por testar o menino para ver como ele se sentia", revelou Muricy.   Jancarlos, substituto direto na lateral-direita, treinou entre os reservas e deve ficar apenas como opção no banco de reservas. Revelado nas categorias de base do São Paulo, Bruno foi relacionado apenas duas vezes no Brasileirão, tendo feito uma partida: empate por 1 a 1 com o Atlético-PR, na Arena da Baixada.   Além da escalação de Bruno, Borges volta ao ataque do São Paulo, ao lado de Dagoberto. O camisa 17 cumpriu suspensão automática conta o Vitória e agora, entra no lugar de André Lima, que ainda não conseguiu se firmar na equipe.   O São Paulo é o vice-líder do Campeonato Brasileiro, com 56 pontos, três a menos que o Grêmio. Também nesta quarta-feira, os gaúchos enfrentam o Cruzeiro, em Belo Horizonte.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.