São Paulo terá Luís Fabiano no Morumbi

O São Paulo conta com um reforço de peso para reduzir a expressiva vantagem do São Caetano nos confrontos entre as duas equipes. Trata-se do maior artilheiro do Brasil no momento, o atacante Luís Fabiano, que afirmou, nesta sexta-feira, que "tabu é para ser quebrado". Em sua curta história, de menos de 14 anos, o Azulão fez do São Paulo um de seus grandes fregueses. Em quatro partidas, o time do ABC venceu três (1 a 0, 2 a 0 e 3 a 0), empatou uma (0 a 0) e conseguiu a façanha de não ter sofrido sequer um gol. Uma vitória, a partir das 16 horas, no Morumbi, pode pôr a equipe da casa na liderança do Campeonato Brasileiro, ao lado do Cruzeiro.Com Luís Fabiano em campo, cresce a esperança de o São Paulo furar o bloqueio do adversário pela primeira vez. O atacante, que não joga desde o amistoso entre a seleção brasileira e a Nigéria, há mais de três semanas, afirmou estar com "fome de gols" e espera matar a vontade nesta tarde. Badalado no País, começa a despertar interesse de clubes europeus, mas garante que pretende ficar no clube paulista por pelo menos mais um ano.E, cada vez mais confiante, vem adotando discurso ousado. Disse, por exemplo, que será fácil bater o recorde de gols numa edição do Brasileiro, que pertence a Edmundo, autor de 29, em 1997. Já tem 11, apesar da ausência nas últimas rodadas, e está atrás apenas de Deivid, que fez 12. "Mas sozinho não conseguirei bater o São Caetano, que é difícil de ser derrotado por marcar muito bem", observou.Os próprios atletas admitem que o jogo deverá ser "chato", pois os dois times dão prioridade à defesa. O São Paulo, que sempre teve características ofensivas, vem sofrendo mudanças sob o comando do técnico Roberto Rojas, que deve escalar quatro jogadores de marcação no meio-de-campo, para manter à risca a estratégia do futebol de resultados. "Não adianta jogar bonitinho, temos de jogar para ganhar."

Agencia Estado,

04 de julho de 2003 | 20h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.