Arquivo/AE
Arquivo/AE

São Paulo terá problemas para montar a defesa

Miranda se apresenta à seleção e Renato Silva está suspenso; André Dias aina não está plenamente recuperado

Marcius Azevedo, Agencia Estado

23 de março de 2009 | 08h51

SÃO PAULO - O técnico Muricy Ramalho terá de remontar o setor defensivo do São Paulo para enfrentar o Noroeste, na quarta-feira, em Bauru. Além de Miranda, que se apresenta ao técnico Dunga na terça-feira para defender a seleção brasileira nas Eliminatórias, o treinador não terá Renato Silva, que recebeu o terceiro cartão amarelo no empate por 1 a 1 contra o Paulista.

Veja também:

linkSão Paulo fica apenas no empate em 1 a 1 com o Paulista 

linkMuricy lamenta excesso de gols perdidos pelo São Paulo   

tabela Campeonato Paulista - Tabela e resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão 

Para piorar, ele ainda não sabe se poderá contar com André Dias. O zagueiro voltou aos treinos no último sábado depois de se recuperar de uma lesão muscular na coxa direita, mas o seu retorno ainda não está garantido. "Temos de conviver com isso, é normal", afirmou Muricy. "Não reclamo de não ter o Miranda. É bom para ele e para o São Paulo uma convocação, valoriza o clube, o jogador", resignou-se.

Em condições de jogar, por enquanto, Muricy tem apenas Rodrigo e o garoto Aislan. Assim, ele seria forçado a jogar no 4-4-2. Se André Dias ficar à disposição, há a possibilidade da manutenção do esquema com três zagueiros.

"Ainda é cedo para falar", respondeu ao ser perguntado se contava com André Dias para enfrentar o Noroeste, ou somente no clássico contra o Palmeiras, no próximo sábado, no Morumbi. Em Bauru, Muricy, pelo menos, terá os retornos de Zé Luis, recuperado de contusão, e Junior Cesar e Dagoberto, que estavam suspensos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.