Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

São Paulo terá volta de Brenner, mas perde Diego Costa e aguarda situação de Bruno Alves

Artilheiro retorna após cumprir suspensão, mas zaga tem dúvidas para a partida contra o Bahia

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de novembro de 2020 | 05h00

Artilheiro do São Paulo na temporada, com 17 gols, o atacante Brenner voltará a ficar à disposição do técnico Fernando Diniz para a partida contra o Bahia, neste sábado. Ele desfalcou a equipe no empate por 1 a 1 com o Ceará por causa de suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Com a volta do artilheiro, Pablo deve retornar para o banco de reservas.

Por outro lado, Fernando Diniz não poderá contar com o zagueiro Diego Costa. Autor do gol no empate com o Ceará, o defensor recebeu o terceiro cartão amarelo e terá de cumprir suspensão. O treinador aguarda para saber se poderá contar com Bruno Alves, que permaneceu em São Paulo porque um familiar contraiu coronavírus. Ele realizou novo teste de covid-19 na quarta-feira e o resultado vai sair nesta quinta.

"A gente vai fazer o que o departamente médico orientar. Estamos tendo sucesso nos casos de covid por conta do excelente trabalho que está sendo feito pelo departamento médico. Vamos ver o que o doutor José Sanchez acha melhor, se vale a pena trazer o Bruno nessas condições ou não, se precisa de uma janela maior", afirmou Diniz.

Caso não possa contar com Bruno Alves, a tendência é de que Arboleda assuma a posição de titular na zaga tricolor ao lado de Léo. Antes da partida contra o Ceará, o equatoriano tinha sido desfalque nos últimos quatro jogos do São Paulo porque estava à disposição da sua seleção para os compromissos válidos pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022.

O São Paulo vai diretamente para Salvador, onde enfrentará o Bahia no sábado. A equipe treina nesta quinta-feira no CT do Ceará. Nesta sexta, faz a última atividade no CT do Vitória. O time é o terceiro colocado do Brasileirão, atrás de Flamengo e Atlético-MG.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.