Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

São Paulo termina o Brasileirão com goleada sobre Atlético-MG

Antes da vitória por 4 a 0, a diretoria homenageou Jorge Wagner e Richarlyson, que estão de saída do clube

LEANDRO SILVEIRA, Agência Estado

05 de dezembro de 2010 | 19h05

Um dos protagonistas das últimas edições do Campeonato Brasileiro, o São Paulo entrou na rodada final da competição neste ano sem qualquer pretensão. Mesmo assim, conseguiu encerrar a sua participação com um bom resultado e uma atuação convincente ao derrotar o Atlético Mineiro por 4 a 0, no Estádio do Morumbi, em partida disputada sob intensa chuva.

Veja também:

BRASILEIRÃO - tabela Classificação listaResultados

Com o triunfo, o São Paulo encerrou uma sequência de quatro tropeços, que o tirou da briga por uma vaga na Libertadores, e chegou aos 55 pontos, na nona colocação. Porém, terminou o ano com o sentimento amargo de não ter conquistado títulos. Antes do jogo, a diretoria homenageou Jorge Wagner e Richarlyson, que estão de saída do clube.

Já o Atlético, que foi campeão estadual em maio, teve a série de três vitórias seguidas, que evitaram o seu rebaixamento, interrompida com uma goleada. Assim, ficou na 13ª posição, com 45 pontos. As duas equipes vão disputar a Copa Sul-Americana em 2011. 

O jogo. Apesar de já estar com a sua situação definida no Brasileirão, o São Paulo atuou com muita vontade e pressionou o Atlético-MG desde o início do primeiro tempo. E sem encontrar muita resistência do adversário conquistou a sua vitória mais expressiva no torneio.

O São Paulo começou a partida mais ofensivo e criou boas oportunidades de gol nos minutos iniciais com Ilsinho e Marlos. Ambas, porém, foram defendidas pelo goleiro Renan Ribeiro. A pressão do time paulista nos minutos iniciais foi contida pelo Atlético Mineiro, que passou a tocar a bola no meio-de-campo.

Mais incisivo, o São Paulo perdeu boa chance aos 13 minutos, quando Lucas passou para Lucas Gaúcho na cara do gol. O atacante, porém, escorregou no momento de finalizar. A resposta do Atlético-MG foi imediata, com um chute de Renan Oliveira, que passou rente à trave direita. Em seguida, Zé Vitor chutou forte para boa defesa de Renan Ribeiro.

Melhor em campo, o São Paulo abriu o placar aos 27 minutos. Marlos fez boa jogada e foi derrubado por um adversário. Marcelo de Lima Henrique, porém, deu sequência ao lance, já que a bola ficou com Ilsinho. Ele chutou forte e cruzado, sem chance de defesa para Renan Ribeiro, colocando o time paulista em vantagem.

A vantagem empolgou o São Paulo, que não demorou a fazer o segundo. Aos 31 minutos, Lucas finalizou de fora da área e a bola entrou no canto direito do gol do Atlético. Com o domínio total do jogo, o time do Morumbi fez o terceiro gol aos 41 minutos, com chute de fora da área de Marlos.

A larga vantagem adquirida no primeiro tempo não diminuiu o ímpeto do São Paulo para a etapa final. No primeiro minuto, Carlinhos Paraíba cobrou escanteio e Renato Silva cabeceou para as redes. Novamente em jogada de bola parada, a equipe chegou com perigo. Aos seis minutos, Jorge Wagner cobrou falta e a bola passou perto do gol defendido Renan Ribeiro.

Com a partida definida, o São Paulo diminuiu o ritmo no Morumbi e viu o Atlético se lançar ao ataque para diminuir a vantagem do adversário. A equipe mineira, porém, não teve sucesso e não conseguiu ameaçar a meta defendida por Rogério Ceni. E foi o São Paulo que chegou com mais perigo. Aos 27 minutos, Xandão completou cruzamento, de cabeça, para fora.

Aos 30 minutos, Lucas passou para Marlos. Na cara do gol, ele desperdiçou chance incrível ao chutar por cima do gol. E Marlos desperdiçou outra oportunidade aos 39 minutos em finalização colocada de fora da área. Com o jogo sob controle, o São Paulo administrou os minutos finais e terminou a sua participação no Brasileirão com uma vitória por 4 a 0 sobre o Atlético. 

SÃO PAULO - 4 - Rogério Ceni; Jean, Xandão, Renato Silva e Jorge Wagner (Diogo); Zé Vitor, Carlinhos Paraíba (Sérgio Motta), Ilsinho e Lucas; Marlos e Lucas Gaúcho (Casemiro). Técnico: Paulo César Carpegiani.

ATLÉTICO-MG - 0 - Renan Ribeiro; Rafael Cruz (Neto Berola), Jairo Campo, Cáceres e Leandro; Zé Luís (Fabiano), Serginho, Renan Oliveira e Diego Souza; Obina (Ricardinho) e Diego Tardelli. Técnico - Dorival Júnior.

Gol - Ilsinho, aos 27, e Lucas, aos 31, Marlos, aos 41 minutos do primeiro tempo; Renato Silva, com 1 minuto do segundo tempo; Cartão amarelo - Fabiano e Diego Tardelli (Atlético-MG); Árbitro - Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ); Renda e público - Não disponíveis; Local - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.