São Paulo testa sua defesa no Rio

Cansado e pressionado pelo excessivo número de gols sofridos pelo São Paulo no Torneio Rio-São Paulo (11 em quatro jogos, média de 2,75), o técnico Nelsinho Baptista não poderia ter um teste melhor para o trabalho que realizou durante a semana, quando decidiu priorizar os treinamentos da defesa. No jogo deste sábado, às 16 horas, no Maracanã, a equipe paulista irá enfrentar o líder Botafogo, ao lado da Ponte Preta com 10 pontos, e o atacante Dodô, autor de seis gols e que é o artilheiro junto com Roger, do Fluminense.Uma das conseqüências das observações feitas pela comissão técnica do São Paulo foi a formação da zaga com três especialistas: Émerson, Wilson e Jean. "Não há dúvida que temos sofrido muitos gols", reconheceu Nelsinho. "Por isso, decidimos dar atenção ao posicionamento da equipe. Isso, além de evitar gols, evita também os cartões."A boa notícia fica por conta da escalação do lateral-direito Belletti e do meia Kaká. Os dois chegaram nesta sexta-feira ao Brasil, vindos da Arábia Saudita, onde defenderam a seleção brasileira na quarta-feira. Apesar do cansaço pela viagem de 28 horas, ambos se predispuseram a jogar e vão se encontrar com a delegação no Rio. As convocações para a seleção e a boa fase no São Paulo já provocaram o interesse de outros clubes por Kaká. O Brescia, da Itália, teria oferecido US$ 10 milhões para contratá-lo, mas tanto o jogador quanto o diretoria são-paulina negam que exista a oferta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.