Fábio Motta/Estadão - 13/07/2014
Fábio Motta/Estadão - 13/07/2014

São Paulo trabalha com três opções para achar substituto de Muricy

Clube foca em Luxemburgo, mas sonda argentino e Abel Braga

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

07 de abril de 2015 | 14h49

O São Paulo trabalha em três frentes para encontrar um novo técnico para a equipe. A saída de Muricy Ramalho, nesta segunda-feira, faz a diretoria correr de Abel Braga, por sugestão do antecessor, de Vanderlei Luxemburgo, objetivo antigo do clube, e de um estrangeiro, sonho da diretoria.

O primeiro nome quem o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, procurou foi um europeu. Sem citar nome ou nacionalidade do profissional, o dirigente disse ter telefonado para um treinador e ouvido que não seria possível aceitar a proposta. Apesar disso, a meta de trazer um estrangeiro persiste e o nome mais provável é de Alejandro Sabella.

O argentino comandou a seleção do seu país na última Copa do Mundo e foi vice-campeão. No país vizinho ganhou a Libertadores de 2009 pelo Estudiantes La Plata e está sem emprego desde o fim do último mundial. Sabella tem 60 anos e no Brasil atuou como jogador pelo Grêmio na década de 1980.


Fora o estrangeiro, parte da diretoria também tem como sonho trazer Vanderlei Luxemburgo. Atualmente no Flamengo, o técnico já dirigiu os outros três grandes clubes de São Paulo e foi campeão brasileiro no comando de todos. Em entrevista ao canal Sportv nesta segunda-feira, o treinador admitiu a possibilidade de negociar com o Tricolor. "Da mesma maneira que o clube discute um contrato profissional, você tem direito de ouvir o mercado profissionalmente. Se vai é outra história", disse.

á Abel Braga está sem clube desde que saiu do Inter, no ano passado, e tem no currículo os títulos da Libertadores e do Mundial de Clubes pelo time gaúcho, em 2006. O nome dele foi o sugerido por Muricy Ramalho para ser anunciado como substituto. O ex-técnico do São Paulo deixou o cargo nesta segunda-feira em comum acordo com a diretoria e se retira para cuidar de problemas de saúde. Milton Cruz assume o comando interinamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.