São Paulo: três jogos em uma semana

O São Paulo paga o preço por não ter eliminado a necessidade do jogo de volta contra o Botafogo, da Paraíba, pela Copa do Brasil. Os médicos do São Paulo trabalham em tempo integral para que o técnico Oswaldo Alvarez tenha o maior número possível de opções na montagem do time que fará três jogos num período de sete dias. "A opção por esse calendário foi nossa. Não temos do que reclamar", disse Vadão. O São Paulo adiou em uma semana o primeiro jogo contra o Botafogo da Paraíba, contando com a possibilidade de eliminar o jogo de volta. Não conseguiu porque venceu por apenas 1 a 0. Além da partida do próximo domingo, contra o Guarani, no Morumbi, o São Paulo terá o Botafogo, quinta-feira, no Morumbi (joga pelo empate), e o Botafogo de Ribeirão Preto, sábado, em Ribeirão, com apenas um dia de descanso para os atletas.No treinamento de amanhã à tarde, no Morumbi, o zagueiro Wilson e o atacante Luís Fabiano serão testados. Wilson recupera-se de uma contratura na coxa esquerda. Luís Fabiano tem o mesmo problema, mas na coxa direita. "Se eles estiverem em condições, ficarão à disposição do treinador para o jogo de domingo", disse o médico Luiz Gaspar.Recuperado de uma torção de tornozelo, o meia Souza também será testado e poderá ficar no banco. O lateral-direito Belletti sentiu uma indisposição estomacal durante jogo contra o Botafogo, quarta-feira à noite, em João Pessoa. Segundo Gaspar, não deverá ser problema para o jogo contra o Guarani. Dois jogadores continuarão fora do time: Sandro Hiroshi, que operou o joelho direito, e o zagueiro Reginaldo, que torceu o joelho esquerdo.Rogério Ceni e Belletti viajarão com a seleção brasileira para o Equador domingo à noite. Alemão, Júlio Santos, Oliveira e Renatinho estão servindo à seleção sub-20. Maldonado já se apresentou à seleção chilena. O volante Alexandre, suspenso, não joga contra o Guarani.A ordem de Vadão é poupar os jogadores. A delegação chegou nesta quinta de João Pessoa. Os jogadores se reapresentam somente amanhã à tarde, no Morumbi. Com Alexandre suspenso, Vadão deverá manter Carlos Miguel no meio-de-campo, ao lado de Kaká e Júlio Baptista. Caso Luís Fabiano não possa jogar, Fabiano Souza continuará na equipe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.