Márcio Fernandes/Estadão
Márcio Fernandes/Estadão

São Paulo usará jogo como 'vestibular' para reservas

Muricy Ramalho diz que partida contra o Botafogo, no domingo, será teste para permanência no segundo semestre

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

21 de março de 2014 | 08h17

SÃO PAULO - Muricy Ramalho parece ter encontrado a fórmula para manter os jogadores reservas motivados para a partida contra o Botafogo, neste domingo, em Ribeirão Preto, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. O técnico avisou seus jogadores que a partida será mais uma etapa para quem quiser provar que merece continuar na equipe no segundo semestre.

O time tricolor já trabalha para reforçar a equipe no Campeonato Brasileiro e o treinador não esconde que a reta final do primeiro semestre será de observação do elenco. O clube já faz sondagens de mercado e busca pelo menos um zagueiro, um jogador para o meio e um atacante para o resto do ano.

"O São Paulo vai enfrentar o Botafogo com seriedade, especialmente nós que queremos uma vaga no time titular. Vamos entrar de forma bem séria até porque já foi falado pelo nosso treinador que servirá para mostrar em quem ele pode confiar nessa fase final", explicou Luis Ricardo, que terá nova chance na equipe na ala direita.

Disposto a não sobrecarregar o elenco, Muricy tem promovido o rodízio de atletas e conseguiu implementar a cultura de que não existem titulares absolutos. O elenco absorveu a mudança e agora todos procuram aproveitar as oportunidades para ao menos ganharem mais espaço para os próximos jogos.

"Temos que aproveitar o máximo, tem o Brasileiro e essa fase final do Paulista. O Muricy vai optar bastante pela gente também porque serão muitos jogos e ele vai precisar de todos", sintetizou Reinaldo, que joga na vaga de Alvaro Pereira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.