São Paulo vai a Minas e tira pose e liderança do Cruzeiro: 3 a 2

Com gols de Luis Fabiano, Lucas e Jadson, time paulista chega a 12 pontos e festeja sua primeira vitória fora de casa. Flu ganha na rodada e assume a ponta

GABRIEL MELLONI , estadão.com.br

30 de junho de 2012 | 15h50

BELO HORIZONTE - O São Paulo venceu sua primeira partida fora de casa neste Campeonato Brasileiro, ao bater neste sábado o Cruzeiro por 3 a 2, no Estádio Independência, pela sétima rodada. Depois de três derrotas em jogos longe do Morumbi, o time paulista levou a melhor no movimentado confronto deste sábado. Pior para os anfitriões, que não são mais líderes da competição.

A vitória levou o time do Morumbi aos 12 pontos. Na próxima rodada, o São Paulo enfrenta o Coritiba, dia 8 de julho, no Morumbi. O Cruzeiro estacionou nos 14 pontos e viu o Fluminense, que venceu o Náutico por 2 a 0, também neste sábado, assumir a ponta da tabela até ser passado para trás pelo Vasco. O próximo adversário dos mineiros será o Internacional, sábado que vem, no Beira-Rio.

O jogo marcava a reestreia de Milton Cruz como técnico interino do São Paulo, em sua 17.ª partida exercendo esta função. Ele ocupou vaga deixada após demissão de Leão. O comandante mexeu no esquema tático, do 4-4-2 para o 3-5-2, e na escalação. Paulo Miranda e Cícero foram barrados, enquanto João Filipe e Maicon ganharam chance entre os titulares.

O personagem da partida, no entanto, foi outro estreante. O zagueiro Rafael Donato, recém-contratado pelo Cruzeiro, fazia sua primeira partida pelo clube. Ele falhou no primeiro gol do adversário, chegou a ser vaiado pela torcida, mas compensou no ataque, marcando os dois gols do time mineiro.

O JOGO

A partida começou muito movimentada, com o Cruzeiro dominando as primeiras ações. Logo no lance inicial, Wellington Paulista deixou Fabinho na cara do gol, mas o atacante foi travado na hora da batida. Dois minutos depois, Everton recebeu pela esquerda, entrou na área sozinho, mas demorou demais e acabou se enrolando.

Com a mesma velocidade que o time da casa foi para cima, o São Paulo se recuperou e perdeu grande chance aos cinco minutos. Depois de um escanteio cruzeirense, Douglas puxou contra-ataque e tocou para Cortez, que avançou pelo lado direito e cruzou para Jadson. O meia teve calma para tirar o zagueiro da jogada, mas, sozinho, chutou para fora.

Explorando os contra-ataques, a equipe paulista passou a dominar as ações e chegou ao primeiro gol aos 11 minutos. Lucas arrancou pela direita e tocou para Douglas. O lateral fez boa jogada e cruzou. A bola era de Rafael Donato, mas o zagueiro errou ao tentar dominar e praticamente ajeitou para Luis Fabiano, que bateu de primeira e abriu o placar.

Mas não deu nem tempo de comemorar. Um minuto depois, Rafael Donato se redimiu e o Cruzeiro empatou. Em escanteio conseguido no lance seguinte ao gol são-paulino, o zagueiro foi para a área, aproveitou a bola levantada por Montillo e cabeceou firme, sem chance para Dênis.

Desta vez foi o Cruzeiro que mal teve tempo de celebrar a igualdade, porque, aos 15 minutos, o São Paulo voltou à liderança. Luis Fabiano brigou no meio de campo e, após disputar com Victorino, a bola sobrou para Lucas. O meia mostrou habilidade, driblou o zagueiro e rolou na saída de Fábio.

Depois deste início alucinante, a partida finalmente diminuiu de ritmo e o time da casa só conseguiu voltar a levar perigo aos 27 minutos. Depois de cruzamento muito forte de Montillo, Everton aproveitou pela direita e voltou a colocar a bola na área. Fabinho subiu bem e desviou, à esquerda de Dênis.

Foi o último lance do atacante em campo. Ele já havia levado uma pancada na perna, tentou voltar, mas deixou o campo chorando para a entrada de Souza. Do outro lado, o São Paulo também perdeu uma peça importante: Rhodolfo, que sentiu um problema muscular e foi substituído por Paulo Miranda.

Sem Fabinho, o Cruzeiro diminuiu o ritmo, mas seguia dominando a partida. A última chance da equipe no movimentado primeiro tempo saiu aos 43 minutos, quando Montillo bateu escanteio da direita e Rafael Donato subiu bem novamente, mas desta vez tocou por cima.

Como o primeiro tempo, a etapa final começou movimentada e o gol não tardou a sair. Aos 3 minutos, Maicon recebeu na intermediária e deu lindo passe para Cortez, que exigiu grande defesa de Fábio. No rebote, a bola sobrou para Jadson, que bateu colocado para ampliar para o São Paulo.

Também como na primeira etapa, o Cruzeiro respondeu logo na sequência. Aos 8 minutos, Montillo bateu escanteio da direita, Léo desviou na primeira trave e a bola sobrou para Rafael Donato. O zagueiro, que já vinha recebendo vaias da torcida, mergulhou, tocou de cabeça e marcou seu segundo na partida.

Nove minutos depois, o São Paulo teve a chance de ampliar em um pênalti. Em outro contra-ataque, Lucas recebeu lançamento longo, entrou na área e foi calçado por Souza. Na cobrança, Luis Fabiano bateu forte, no canto direito de Fábio, que caiu bem e defendeu.

O pênalti defendido reacendeu o Cruzeiro, que perdeu grande oportunidade aos 27 minutos. Depois de cruzamento da esquerda, a defesa do São Paulo afastou mal e a bola sobrou para Tinga. O meia chegou batendo de primeira, mas chutou em cima de Paulo Miranda. Três minutos depois, o mesmo Tinga ganhou da zaga, saiu de frente para o gol, mas chutou por cima.

O cenário do restante da partida foi o mesmo: o Cruzeiro apertando, em busca do empate, e o São Paulo se segurando. Apesar das boas chances criadas, o time da casa não conseguiu o gol e o jogo terminou mesmo em 3 a 2.

CRUZEIRO 2 X 3 SÃO PAULO

CRUZEIRO - Fábio; Léo, Rafael Donato, Victorino e Everton; Leandro Guerreiro, Charles (Wallyson), Tinga (Willian Magrão) e Montillo; Fabinho (Souza) e Wellington Paulista. Técnico - Celso Roth.

SÃO PAULO - Dênis; Rhodolfo (Paulo Miranda), João Filipe e Edson Silva; Douglas, Maicon, Denilson, Jadson (Cícero) e Cortez; Lucas (Casemiro) e Luis Fabiano. Técnico - Milton Cruz (interino).

GOLS - Luis Fabiano, aos 11, Rafael Donato, aos 12, e Lucas, aos 15 minutos do primeiro tempo. Jadson, aos 3, e Rafael Donato, aos 8 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ).

CARTÕES AMARELOS - Denilson, Willian Magrão (no banco de reservas), Luis Fabiano, Douglas, Wellington Paulista, Casemiro, Dênis.

PÚBLICO - 17.695 pagantes.

RENDA - R$ 605.905,00.

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).

--------------------------------------

RESUMO DO AO VIVO

Com gols de Luis Fabiano, Lucas e Jadson, o São Paulo derruba o Cruzeiro, em Minas Gerais, por 3 a 2, e festeja sua primeira vitória no Brasileirão como visitante. O time também fez sua primeira partida sem o técnico Leão, demitido durante a semana. Milton Cruz comandou a equipe interinamente. A vitória levou o Tricolor para cima na tabela, agora com 12 pontos, e segurou o Cruzeiro, que perdeu a liderança da competição para o Fluminense. O time carioca jogou neste sábado, pela 7ª rodada, e bateu o Náutico por 2 a 0. 

   

SEGUNDO TEMPO 

48min - Acabou. O São Paulo ganha por 3 a 2 do Cruzeiro, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. Foi a primeira partida do time do Morumbi sem o técnico Leão. O São Paulo chegou a 12 pontos. O Cruzeiro manteve seus 14.

45min - O São tem de segurar 3 minutos para conseguir sua primeira vitória como visitante.  

42min - Denis faz outra boa defesa e manda a bola para escanteio, em chute de Montillo. O juiz deu 3 minutos de acréscimo. O Cruzeiro pressiona.

40min - O Cruzeiro joga do meio de campo para frente. Se o São Paulo encaixar um contra-ataque, faz o quarto. Luiz Fabiano está sozinho no ataque.

37min - Casemiro faz falta em Montillo e recebe o cartão amarelo.

35min - Willian Magrão entra no lugar de Tinga no Cruzeiro. Lucas deixa o campo para a entrada de Casemiro. O São Paulo fecha tudo. Numa rápida jogada do Cruzeiro pela esquerda, Denis faz boa defesa.

32min - O empate do Cruzeiro ronda a área do São Paulo.

30min - Tinga perde outra chance de gol. Ele avança pela direita e enche o pé, para fora.

28min - Tinga teve chance de empatar em arremate da marca do pênalti. Ele chutou em cima de Paulo Miranda, que fez o corte. A defesa do São Paulo falhou novamente, com Edson Silva.

27min - O São Paulo se concentra mais no meio de campo e já não usa com tanta frequência as laterais do campo. É Lucas e Luis Fabiano contra a defesa do Cruzeiro.

25min - A defesa de Fábio no pênalti de Luis Fabiano colocou fogo no jogo. O Cruzeiro vai para cima do São Paulo. O São Paulo tenta segurar o jogo, sem pressa. Joga com inteligência, apesar do erro de Luis Fabiano.

22min - Cícero entra no lugar de Jadson, no São Paulo.

18min - Luis Fabiano cobra o pênalti e o goleiro defende. O atacante do São Paulo bateu quase que no meio do gol. Muito mal. E ainda recebeu amarelo porque tirou um tufo de grama do local após ter batido e jogou para fora do campo. O juiz não gostou e deu o cartão.

17min - Milton Cruz prepara a entrada de Cícero. A defesa do São Paulo não tem vergonha de dar chutões. Jadson lança Lucas, o atacante invade a áreas e é calçado por Souza. Pênalti.

14min - O gol logo em seguida ao do São Paulo animou a torcida mineira. A disputa está aberta. O Cruzeiro ataca sem parar. O São Paulo se defende bem à espera de dar o bote.

12min  - Wallyson entra no lugar de Charles.

10min - É visível a mudança no modo de atuar do São Paulo após a saída de Leão.

8min - GOOLLLLL do Cruzeiro, de Rafael Donato: 3 a 2. Após escanteio, a bola é desviada e o zagueiro, de novo, marca de cabeça. O beque faz dois gols em sua estreia no Cruzeiro.

6min - O São Paulo explora muito bem seus contra-ataques, com qualidade e sempre com a chegada de pelo menos quatro ou cinco jogadores. O Cruzeiro tem a bola, mas não marca bem. Erra demais no último passe.

3min - GOOOLLLLL do São Paulo, de Jadson: 3 a 1. A jogada começou com Maicon passando para Cortez dentro da área. O lateral chutou para a boa defesa do goleiro. No rebote, Jadson marcou.

2min - O esquema do São Paulo é o mesmo da primeira etapa: bola em Lucas e Luis Fabiano. Há sempre quatro na marcação do Cruzeiro. 

1min - Começou...

INTERVALO

FRASES

Rafael Donato: "Temos muito de melhorar. Temos de ganhar dentro de casa."

Luis Fabiano: "É hora de chegar mais firme e não dar espaço. Estamos em vantagem. Temos de ter tranquilidade e inteligência para fazer o terceiro gol. O jogo não está tão difícil. O torcedor vice de emoções e agora ele está me apoiando. Quando acontece algum desastre, ele vão criticar mesmo. Eu vou sempre dar o meu máximo independentemente de gritar o meu nome ou de me vaiar."

PRIMEIRO TEMPO

46min - Acabou o primeiro tempo. O São Paulo ganha por 2 a 1, com gols de Luis Fabiano e Lucas.

44min - Só dá Cruzeiro nesse fim do primeiro tempo.

42min - Cruzeiro tem falta pela direita. O juiz deu 1 minutos de acréscimo... Na cobrança, Rafael cabeceia para fora.

40min - O São Paulo continua apostando nos contra-ataques. Luis Fabiano e Lucas estão sumidos. A bola não chega mais neles desde o gol de Lucas, aos 15 minutos.

37min - Rhodolfo não suporta dor na panturrilha e sai para a entrada de Paulo Miranda. O São Paulo não muda sua disposição tática.

34min - Luis Fabiano e Rafael Donado fazem boa briga nas bolas altas.

31min - Fabinho, machucado, sai para a entrada de Souza, ex-Corinthians e Grêmio. O zagueiro Rhodolfo, do São Paulo, também reclama de dores. 

30min - O Cruzeiro ataca muito pela esquerda.

27min - Fabiano toca de cabeça e assusta o goleiro do São Paulo, Denis. Everton fez bom cruzamento da esquerda. O Cruzeiro tem mais volume de jogo e fica com a bola nos pés.

23min - Agora é o São Paulo que segura o Cruzeiro em seu campo der defesa. O jogo é bastante faltoso, com 13 infrações em 24 minutos. Celso Roth monta um Cruzeiro bastante pegador nesse Brasileirão.

18min - O jogo é muito movimentado. As jogadas em velocidade do São Paulo pelas beiradas do campo têm destruído o setor de marcação do time mineiro.

15min - GOOOLLLLLLL do São Paulo, de Lucas: 2 a 1. O atacante recebeu na área, cortou a marcação e bateu no canto. Luis Fabiano brigou no meio para roubar a bola. Lucas comemorou com cambalhotas.

12min - GOOOLLLLLL do Cruzeiro, de Rafael Donato: 1 a 1. O zagueiro que fez lambança na defesa do Cruzeiro aproveitou bobeada da defesa tricolor e empatou.

11min - GOOOOLLLLL do São Paulo, de Luis Fabiano: 1 a 0. O zagueiro Rafael Donato, que faz sua estreia, falhou após cruzamento da direita de Douglas. Foi dominar e deixou a bola passar. Luis Fabiano não furou.

9min - O São Paulo tem os dois laterais livres para atacar. Douglas e Cortez têm essa função no Estádio Independência, em Minas.

5min - Em contra-ataque com Cortez, Jadson perde gol feito, a melhor chance do jogo até agora. Ele dominou e chutou para fora. 

3min - O Cruzeiro vai jogar em velocidade também. O São Paulo montou sua defesa com três zagueiros. 

1min - Começou... Com 14 segundo, após perder a bola na saída, Fabinho, do Cruzeiro, teve a primeira boa chance. O São Paulo ainda não tem técnico efetivo após a demissão de Leão. Milton Cruz está no comando.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.