São Paulo vai batalhar para não jogar de novo na Vila

O nervosismo do clássico (empate por 1 a 1 com o Santos) fez com que os são-paulinos se preparassem para uma batalha nos bastidores: se São Paulo e Santos fizerem a final do Paulista, nenhum dos dois clássicos deve acontecer na Vila Belmiro.?Nós já jogamos o clássico neste turno único na Vila Belmiro. Nos jogos finais, o mando é da FPF e eles deverão ser no Morumbi. Não há condições de decidir um campeonato na Vila Belmiro. O Santos tem um grande time e pode repetir 1984, quando ganhou o Paulista lá no Morumbi diante do Corinthians. Pelo potencial dos dois times não dá para jogar na Vila Belmiro?, avisa o superintendente Marco Aurélio Cunha.Muricy Ramalho ironizava a situação. ?Um dia, quando trabalhar no Santos, vou fazer como o Vanderlei, que quer todos os jogos aqui. Mas acho que os clássicos têm de ser no Morumbi. É bom para todo mundo. Principalmente para a torcida, que fica sacrificada em um estádio menor.?Fredson preocupaIlsinho destoava no irritado vestiário do São Paulo. Enquanto os jogadores e Muricy reclamavam da violência santista, o lateral comemorava o seu gol.?Tomara que o Dunga tenha visto e gostado. Foi ótimo ter marcado o gol em um clássico tão importante como contra o Santos, o primeiro depois da minha primeira convocação?, dizia o lateral.Ele estava feliz também com o duelo contra Kléber. ?Tentei mostrar a minha criatividade contra o Kléber. Sabia que seria muito difícil, porque ele é um ótimo jogador. Mas sinto que pude ajudar o São Paulo nesta partida tão difícil aqui na Vila.?Apesar dos pontapés que o time tomou, o único problema médico que ontem preocupava a todos era a contratura na coxa esquerda de Fredson que o tirou da partida. Nesta segunda será feito um exame detalhado para ver a gravidade da contusão. O próximo jogo será sábado, no Estádio do Morumbi, contra a Ponte Preta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.