Divulgação/ São Paulo
Divulgação/ São Paulo

São Paulo disputará Libertadores pela 19ª vez; relembre campanhas

Time já está garantido na fase prévia do torneio continental e ainda briga com o Grêmio por vaga direta aos grupos

Renan Cacioli, O Estado de S. Paulo

20 de novembro de 2018 | 17h00

Apesar de ainda sonhar com uma vaga no G-4 do Campeonato Brasileiro que lhe garantiria passagem direta à fase de grupos da próxima Libertadores, o São Paulo estará no torneio continental de 2019 de qualquer forma, mesmo que seja na chamada pré-Libertadores, etapa eliminatória que antecede o chaveamento completo dos grupos. Assim, será a 19ª participação são-paulina, a quinta nesta década.

O clube do Morumbi, tricampeão da competição (1992, 1993 e 2005), a disputou também em 1972, 1974, 1978, 1982, 1987, 1994, 2004, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2013, 2015 e 2016. Foi vice em três oportunidades: 1974, 1994 e 2006. Em sua última aparição, sob o comando do argentino Edgardo Bauza, mesmo com uma equipe desacreditada, conseguiu chegar à semifinal, quando parou no Atlético Nacional-COL do hoje palmeirense Borja, autor de quatro gols nas vitórias por 2 a 0, no Morumbi, e 2 a 1, na Colômbia.

Confira, ano a ano, a campanha do São Paulo na Libertadores:

2016 - semifinal

2015 - oitavas de final

2013 - oitavas de final

2010 - semifinal

2009 - quartas de final

2008 - quartas de final

2007 - oitavas de final

2006 - vice-campeão

2005 - campeão

2004 - semifinal

1994 - vice-campeão

1993 - campeão

1992 - campeão

1987 - fase de grupos

1982 - fase de grupos

1978 - fase de grupos

1974 - vice-campeão

1972 - semifinal

O zagueiro equatoriano Arboleda falou ao site oficial do clube sobre a expectativa de defender o clube no principal torneio de clubes do continente: "Será a minha primeira oportunidade de disputar a Libertadores. E sempre foi o meu sonho disputar a Libertadores pelo São Paulo", afirmou o defensor.

Na quinta colocação do Brasileirão, com 62 pontos, o time segue em disputa equilibrada com o Grêmio por uma vaga no G-4: os gaúchos estão em quarto lugar, com a mesma pontuação, mas maior número de vitórias (17 a 16).

A 36ª e antepenúltima rodada pode ser uma boa chance de o São Paulo roubar a posição na tabela. Enquanto os paulistas visitam o ameaçado Vasco em São Januário, os gremistas também viajam ao Rio, mas para encarar o vice-líder Flamengo. Detalhe: os tricolores jogam na quinta, às 20h, já cientes do resultado do rival direto, que entra em campo na quarta, às 21h45. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.