São Paulo vai jogar por Luís Fabiano

O técnico Roberto Rojas encontrou uma motivação para o jogo contra o Flamengo, domingo, no Morumbi: fazer de Luís Fabiano o artilheiro do Campeonato Brasileiro. Ele tem 29 gols - um atrás de Dimba, do Goiás. "O nosso time vai jogar pelo Luís Fabiano. O São Paulo será até mais ofensivo do que já é normalmente. Tudo para fazer com que ele tenha mais chances de marcar. Por tudo que fez esse ano, o Luís Fabiano merece terminar como o artilheiro do Brasil", diz o técnico. Luís Fabiano teve outra boa notícia hoje. Seu assessor de imprensa fez questão de divulgar aos jornalistas o convite que o atacante recebeu de Ronaldinho, do Real Madrid. Luís Fabiano irá atuar na partida beneficente organizada pela ONU na Suíça, dia 15. Atuará no time dos amigos de Ronaldo contra a equipe dos amigos de Zidane. Até o piloto Michael Schumacher irá jogar. O atacante não quis dar entrevistas hoje. No CCT, hoje, o clima de despedida da Comissão Técnica ficava claro. Rojas e Milton Cruz até tiraram fotografias para registrar o momento. O acerto com o técnico Cuca, hoje no Goiás, foi fechado na terça-feira da semana passada. "Se eu fosse da diretoria, ficaria comigo como técnico em 2004. Experiência na Libertadores? Só com Carlos Bianchi ou Telê Santana. Os outros treinadores, inclusive eu, estão no mesmo nível", diz Rojas. Que o atual técnico gostaria de continuar é claro. Mas os dirigentes pensam de outra maneira: querem Cuca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.