São Paulo vai poupar jogadores na Copa Sul-Americana

Segundo Muricy, o time tem um elenco curto para levar duas competições

FERNANDO FARO, Agência Estado

19 de outubro de 2013 | 09h25

SÃO PAULO - Ainda brigando para se afastar definitivamente da ameaça de rebaixamento, o São Paulo tem na próxima quarta-feira o jogo de volta contra a Universidad Católica em Santiago e Muricy Ramalho já avisou que jogará com quem estiver melhor fisicamente, o que indica que muitos atletas devem ser poupados. O treinador conversou com a diretoria e alertou que tentar levar as duas competições simultaneamente poderia cobrar um preço alto e expor ainda mais os jogadores ao risco de lesões musculares. Recebeu, então, sinal verde para manter a atenção principal no Campeonato Brasileiro.

"Vamos ter muita responsabilidade nessa competição, mas sem estourar alguns jogadores porque o foco tem que ser o Brasileiro, precisamos ser realistas. Não adianta ser romântico e dizer que dá para jogar as duas competições, vamos jogar com o que tivermos de melhor fisicamente. Alguns estão para estourar e temos um elenco muito curto. Vamos levar a sério, só que se tiver que tirar - e acho que terei que tirar - vamos fazer", disse o treinador.

Atualmente o São Paulo tem Luis Fabiano e Antônio Carlos fora por problemas musculares. Rafael Toloi e Denilson se recuperaram recentemente de lesões semelhantes. Outros jogadores vêm atuando com frequência e preocupam a comissão técnica, como Reinaldo, Rodrigo Caio e Ganso. Embora não vá abrir mão inteiramente da competição, Muricy quer aproveitar o jogo em Santiago para dar ritmo a outros jogadores e rotacionar o elenco. Nomes como Fabrício, Jadson e Clemente Rodríguez podem ganhar oportunidades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.