Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

São Paulo vai poupar Luís Fabiano domingo

A preocupação do São Paulo com Luís Fabiano é grande. A gripe que quase o tirou do jogo contra o Rosario continua e o técnico Cuca pretende poupá-lo do jogo contra o Paraná, domingo, às 18h, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. Ele não é o único. ?O Gustavo Nery (pancada na panturrilha direita) e o Rodrigo (dores no músculo posterior da coxa esquerda) também me preocupam. É possível que os dois não joguem?, avisou o treinador.Os substitutos prováveis são Lugano na zaga, Fábio Santos na lateral e Jean no ataque. Cuca pode também colocar Vélber no meio-de-campo e atuar somente com Grafite no ataque. Rogério Ceni, que está com amidalite, jogará. ?A Libertadores é muito importante, mas o Brasileiro também é, mesmo porque pode nos levar à próxima Libertadores. Vou jogar?, garantiu o goleiro.A ordem de dar prioridade à Libertadores já foi dada. A partir de agora, os jogos se sucederão às quartas e domingos e, como o São Paulo tem elenco pequeno, somente atuará no Brasileiro quem estiver 100% para a partida de meio de semana pela Libertadores. Os que estiverem sentindo alguma dor ficarão em tratamento ou repouso.Apesar de priorizar a Liberadores, Cuca considera o jogo de domingo muito imporante. Se conseguir nova vitória no Brasileiro, o São Paulo continuará a ter uma vantagem de no mínimo três pontos sobre os adversários.Cuca concorda que o São Paulo não fez grande partida contra o Rosario, mas justificou a atuação. ?Muitas vezes as circunstâncias impedem um time de jogar bem. Contra o Rosario, tivemos de superar três traumas para vencer o jogo. O primeiro, foi levar um gol com 7 minutos. Em vez de dois gols, precisávamos de três. O segundo, perder um pênalti com 20 minutos. E o terceiro, sair perdendo na decisão por pênaltis. Conseguimos superar tudo e ficamos com a vaga. Isso é o que vale a pena.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.