Érico Leonam / sãopaulofc
Érico Leonam / sãopaulofc

São Paulo vai se poupar contra o Grêmio por causa da Libertadores

De olho no clássico com o Palmeiras na terça-feira, técnico Hernán Crespo deve entrar com time misto em jogo importante para se distanciar da zona de rebaixamento no Brasileirão

João Prata, O Estado de S.Paulo

14 de agosto de 2021 | 05h00

O São Paulo está colado na zona de rebaixamento e enfrentará o Grêmio, penúltimo colocado, neste sábado, às 21h, no Morumbi, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de ser um confronto direto para escapar das últimas posições, o time paulista deverá entrar em campo com reservas, pois a preocupação maior está na Libertadores.

Depois de ficar no 1 a 1 em casa com o Palmeiras no jogo de ida, terça-feira, o empate sem gols na partida de volta garante o rival na semifinal do torneio continental. De olho nessa decisão, o técnico Hernán Crespo deve deixar no banco seus principais jogadores. Ou o que sobrou deles. 

O São Paulo tem tido muitos desfalques por lesão recentemente. Crespo não poderá contar, entre outros, com Luciano, Marquinhos, William e Eder, que estão no departamento médico. A situação mais preocupante no momento é a de Wellington, que deixou o campo na última terça com problema muscular e também não tem data para retorno.

Arboleda, que voltou contra o Palmeiras após se recuperar de contusão, deve ser poupado para não correr o risco de perder o clássico de terça. Quem também ficará fora mais uma vez é o meia Benítez. No banco de reservas nos dois últimos jogos, ele não atuará porque precisa cumprir suspensão. Na partida contra o Athletico-PR, no último sábado, ele foi ser expulso mesmo sendo reserva por ter chutado uma bola no campo. O São Paulo tentou efeito suspensivo, mas foi negado.

Contratado para resolver o problema do meio-campo da equipe, Benítez sempre que joga cumpre as expectativas criadas sobre ele. O problema é que chegou como incógnita por causa de seguidas lesões. No São Paulo, dos 24 jogos que fez, ficou em campo os 90 minutos somente em três. 

Na última entrevista, Crespo tentou tranquilizar o torcedor e disse que optou por manter Benítez na reserva por “análise tática e estratégica”. “Tinha outras possibilidades e posso escolher a melhor escalação para o jogo. Nesse caso (partida com o Palmeiras) acreditei que outros poderiam jogar. Mas graças a Deus o Benítez está bem”, justificou o técnico são-paulino após o empate de terça.

Novo patrocinador

O São Paulo anunciou ontem a Roku, uma plataforma de streaming, como nova patrocinadora. A empresa terá a marca estampada no ombro da camisa. O acordo tem validade de um ano e vai render US$ 1 milhão (cerca de R$ 5 milhões) ao clube.

“Este novo patrocínio reforça como estamos sempre atentos às mudanças globais e suas tendências, com a visão voltada para inovação e oportunidades de expansão de nossa marca junto com as de nossos parceiros”, disse Eduardo Toni, diretor de marketing do São Paulo.

Grêmio

O técnico Luiz Felipe Scolari entra em campo com o objetivo de diminuir a crise no time, que mesmo com vitória não deixará a zona de rebaixamento. O Grêmio é o vice-lanterna com 10 pontos. Mas derrotar o São Paulo é fundamental, mas os paulistas ocupam o 16.º lugar com 15 pontos.

Para a partida, Felipão deve manter o goleiro Chapecó como titular. Brenno, que retornou da seleção olímpica, já ficará no banco de reservas. A tendência é que o treinador escale um time bem próximo daquele que venceu a Chapecoense na segunda-feira.

A notícia ruim é que ele ainda não poderá contar com o zagueiro Kannemann, que se recupera de pancada no joelho sofrida no início do mês. O novo reforço do Grêmio, o volante paraguaio Mathias Villasanti, contratado do Cerro Porteño, ainda não poderá estrear. Ele foi apresentado ontem, mas não está regularizado na CBF.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO X GRÊMIO

São Paulo: Tiago Volpi; Igor Vinícius (Daniel Alves), Miranda, Léo e Reinaldo; Luan, Liziero, Rodrigo Nestor e Igor Gomes; Rojas (Rigoni) e Pablo. Técnico: Hernán Crespo.

Grêmio: Chapecó; Vanderson, Geromel, Ruan e Cortez; Thiago Santos, Darlan, Douglas Costa, Jean Pyerre e Alisson; Borja. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC).

Horário: 21h.

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo.

Na TV: Pay-per-view

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.