Rubens Chiri / São Paulo/ 5-9-2018
Rubens Chiri / São Paulo/ 5-9-2018

São Paulo vê Internacional igualar melhor campanha como visitante

Aproveitamento fora de casa é o mesmo entre os dois, mas saldo de gols, desta vez, favorece o clube paulista

Renan Cacioli, O Estado de S. Paulo

14 Setembro 2018 | 11h00

Um dos fatores que levaram o São Paulo ao título simbólico do primeiro turno do Campeonato Brasileiro foi seu desempenho como visitante, o melhor dentre os 20 participantes na metade inicial do torneio. A perda da liderança para o Internacional traz junto uma ameaça também à essa soberania tricolor de ser o forasteiro mais eficiente: hoje, os rivais estão empatados no aproveitamento fora de casa.

Tanto paulistas quanto gaúchos disputaram, até aqui, 12 partidas longe de seus domínios. Ambos venceram cinco, empataram quatro e perderam três, o que lhes garante 52,8% de aproveitamento. O terceiro na lista é o Palmeiras, com 47,2%.

Curioso é que a tomada da liderança pelo Internacional se deu no saldo de gols (18 a 17), já que os dois somam 49 pontos na tabela. E é graças a este mesmo critério de desempate que os paulistas se mantêm à frente dos gaúchos no comparativo das campanhas como visitantes. Longe do Morumbi, o São Paulo marcou 16 gols e sofreu 12. Distante do Beira-Rio, o Internacional anotou 13 e levou 10. Ou seja, um gol de diferença (4 a 3), o mesmo que distancia os rivais na classificação geral do campeonato.

Coincidentemente, a 25ª rodada que se avizinha será um tira-teima duplo: para a disputa pela liderança e para o duelo pela melhor performance como visitante, já que as duas equipes têm compromissos fora de casa. Enquanto o São Paulo visita o Santos no domingo, na Vila, o Internacional vai até a Arena Condá enfrentar a Chapecoense, na segunda.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.