São Paulo vence Botafogo-PB por 1 a 0

Em sua estréia na Copa do Brasil, o São Paulo venceu o Botafogo da Paraíba por 1 a 0, nesta quarta-feira à noite, no Estádio Almeidão, mas não alcançou o objetivo proposto pelo técnico Oswaldo Alvarez. "Nossa intenção era não precisar jogar a segunda partida. Infelizmente, não deu", confessou o meia Júlio Baptista, autor do único gol do jogo, de cabeça, aos 39 minutos da etapa final.Pelo regulamento da Copa do Brasil, o time que vence fora de casa por dois gols ou mais de diferença classifica-se sem a necessidade de disputar a segunda partida. Como o São Paulo não aproveitou, terá de voltar a campo na quinta-feira. Poupar o time era a intenção do técnico Vadão, numa semana em que o São Paulo não contará com dois jogadores na seleção brasileira principal (Rogério Ceni e Belleti), quatro na seleção sub-20 (Alemão, Oliveira, Renatinho e Júlio Santos) e um na seleção chilena (Maldonado). No domingo, o São Paulo joga contra o Guarani, pelo Paulista.O "doping psicológico?? adotado pelo técnico Ademir Müller funcionou no primeiro tempo. O São Paulo teve boas oportunidades de gol nos 20 primeiros minutos, mas o time do Botafogo, motivado pela chance de vencer o campeão do torneio Rio-São Paulo, marcou bem no meio-de-campo, saiu em rápidos contra-ataques e, empurrado pela torcida, criou as melhores oportunidades de gol.No segundo tempo, com Reginaldo Araújo no lugar de Belletti (que, segundo Vadão, foi substituído por ter se sentido mal, no vestiário), o São Paulo jogou com mais velocidade e criou várias oportunidades, Numa cobrança de escanteio, Reginaldo Araújo cruzou na cabeça de Júlio Baptista, que, sozinho, tocou no canto esquerdo de Júlio César, goleiro revelado no São Paulo. Os botafoguenses não ficaram aborrecidos. Vão jogar no Morumbi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.