São Paulo vence e 'recupera o moral' contra o Cruzeiro

Time 'vinga' derrota pela Libertadores; Washington, Borges e Dagoberto marcam na vitória por 3 a 0

Tercio David, estadao.com.br

31 de maio de 2009 | 17h56

Sergio Liebert/AE

Observado por Fabrício, Dagoberto chuta firme de direita para marcar o terceiro gol do São Paulo

SÃO PAULO - Recuperando um pouco do ânimo após a derrota da última quarta-feira pela Libertadores, o São Paulo venceu o mesmo Cruzeiro, por 3 a 0, neste domingo, no Morumbi, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Washington, Borges e Dagoberto marcaram os gols do jogo. O estreante Marlos também se destacou e participou ativamente da partida.

Veja também:

especial Visite o canal especial do Brasileirão

especial Jogue o Desafio dos Craques

lista Brasileirão - Calendário

tabela Brasileirão - Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão 

som Ouça os gols na Eldorado/ESPN:  São Paulo 1 x 0; São Paulo 2 x 0; São Paulo 3 x 0

Com a vitória, além de recuperar o moral para o jogo contra o próprio Cruzeiro - que acontece apenas no dia 17 de junho -, o São Paulo subiu para cinco pontos na tabela e deixa a incomoda zona de rebaixamento.

Já o Cruzeiro, com seis pontos, perdeu a chance de se consolidar na zona de classificação para a Libertadores do ano que vem.

Na próxima rodada do Brasileirão, o São Paulo enfrenta o Avaí, na Ressacada, no domingo. No mesmo dia, o Cruzeiro recebe o Internacional, no Mineirão.

Vontade

Apesar de não apresentar um grande futebol, o primeiro tempo teve gols. E dois, do São Paulo. O primeiro, aos 12, aconteceu graças ao empenho de Washington, que brigou muito com dois marcadores do cruzeiro após bola alçada na área e, no terceiro lance, conseguiu tocar de cabeça por cima do goleiro Fábio.

São Paulo 3
Denis; Miranda     , André Dias e Renato Silva; Zé Luís     , Eduardo Costa, Jean, Marlos (Hernanes) e Junior Cesar; Borges e Washington (Dagoberto     )
Técnico: Muricy Ramalho
Cruzeiro 0
Fábio; Jonathan, Thiago Heleno, Leonardo Silva e Gérson Magrão (Athirson, depois Elicarlos); Fabrício, Henrique     , Marquinhos Paraná e Ramires     ; Kléber e Wellington Paulista      (Zé Carlos)
Técnico: Adílson Batista
Gols: Washington, aos 12, e Borges, aos 32 mintos do primeiro tempo. Dagoberto, aos 32, minutos do segundo tempo.

Árbitro: Evandro Rogério Roman (PR)

Renda: Não disponível

Público: 51.800 total

Estádio: Morumbi, em São Paulo, SP

"É claro que temos uma luta com o Cruzeiro na Libertadores, mas também é importante marcar pelo Brasileiro e ganhar confiança para o próximo jogo", disse Washington, ainda no intervalo.

O segundo gol saiu de uma jogada armada com a ajuda de dois "reservas". Aos 32, Marlos recebeu na direita e fez grande passe para Zé Luis, que descolou ótimo passe para a entrada de Borges na primeira trave. O camisa 17 se antecipou a marcação e tocou no canto de Fábio.

O Cruzeiro também teve duas boas chances de marcar ainda na primeira etapa. A primeira, aos 14, quando Gerson Magrão acertou a trave. A segunda chance veio quando Kleber ganhou de André Dias na área do São Paulo e cruzou para Ramires, que tentou de letra, mas furou.

Confirmação

No segundo tempo, o Cruzeiro apertou mais a marcação e passou a jogar praticamente o tempo todo no campo de ataque. O São Paulo, por sua vez, apostou nos contra-ataques.

A tática são-paulina acabou dando certo. Em uma reposição de bola do goleiro Denis, a bola chegou em Dagoberto (que havia entrado pouco antes no lugar de Washington). O camisa 25 avançou com liberdade, invadiu a área e bateu firme, cruzado, sem chance para Fábio.

Copa do Mundo

A torcida comemorou bastante a confirmação de São Paulo como uma das cidades sede da Copa do Mundo de 2014. Embora ainda não esteja ratificado como palco dos jogos, os são-paulinos já consideram o Morumbi como o estádio paulista do Mundial.

Sergio Castro/AE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.