André Lessa/AE
André Lessa/AE

São Paulo vence o Barueri por 1 a 0 e volta a ponta provisória

Após vencer com gol de Jorge Wagner, time agora torce para o Corinthians no clássico contra o Palmeiras

Tercio David, estadao.com.br

31 de outubro de 2009 | 20h28

Assim como aconteceu no meio da semana, o São Paulo voltou à liderança provisória do Campeonato Brasileiro ao bater o Barueri, por um magro 1 a 0, neste sábado, no Estádio do Morumbi, pela 33.ª rodada, e volta a torcer por um tropeço do antigo líder, o Palmeiras. Jorge Wagner foi o autor do gol salvador, logo no começo da partida.

Veja também:

link Ceni elogia Barueri e valoriza vitória do São Paulo

tabela SIMULADOR - Veja quem pode ser o campeão

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabelaClassificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Com o resultado, o São Paulo chegou a 58 pontos, um a mais que o rival Palmeiras, que neste domingo encara o clássico contra o Corinthians. Para segurar a ponta, o time do Morumbi precisa torcer por uma vitória corintiana em Presidente Prudente, uma vez que a equipe palmeirense tem melhor saldo de gols (15 a 12). Já o Barueri, segue no meio da tabela, com 44 pontos, praticamente sem chance de ir à Libertadores e ser seriamente ameaçado pelo rebaixamento.

OBJETIVO

Sempre com futebol bastante objetivo, o São Paulo tratou logo de abrir o placar, antes dos cinco minutos de jogo. Hernanes bateu uma falta quase do bico da área do Barueri, pela esquerda, a zaga não conseguiu afastar completamente e a bola sobrou para Jorge Wagner mandar de primeira, no ângulo de Márcio, que substituiu o afastado René.

SÃO PAULO1
Rogério Ceni; Renato Silva, André Dias e Miranda     ; Zé Luis (Adrian Gonzales), Jean, Hernanes (Arouca), Jorge Wagner e Junior Cesar; Dagoberto e Washington.
Técnico: Ricardo Gomes.
BARUERI0
Márcio; Xandão (Cleverson), André Luís      e Leandro Castán     ; Bruno Ribeiro (Otacilio Neto), Éwerton, Ralf, João Vitor (Eder), Thiago Humberto e Márcio Careca; Willian José.
Técnico: Luís Carlos Goiano.
Gols: Jorge Wagner, aos 4 minutos do primeiro tempo.

Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP).

Renda: Não disponível

Público: 39.636 total

Estádio: Morumbi, em São Paulo (SP)

Apesar de sair na frente, o São Paulo não conseguiu se impor em nenhum momento do jogo e só não tomou a virada ainda no primeiro tempo graças a uma grande tarde de Rogério Ceni, que fez pelo menos três defesas salvadoras, em chutes de André Luis (quase da marca do pênalti), João Vitor e Márcio Careca, em batidas fortes de fora da área.

Mesmo passando por alguns sustos, o São Paulo teve seus momentos de brilho, principalmente na defesa, e chegou perto até de ampliar o placar. Logo no começo da segunda etapa, Dagoberto mandou uma bomba de longe e acertou a trave esquerda de Márcio.

VIDA QUE SEGUE

Na próxima rodada, o São Paulo pega o Grêmio, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre, em jogo antecipado do final de semana para quarta-feira, às 21h50. Já o Barueri, pega mais um dos aspirantes ao título, o Internacional, na Arena Barueri, no domingo.

Ainda à sombra das suspeitas de "mala branca", que teria sido oferecida pelo Cruzeiro aos jogadores do Barueri no jogo contra o Flamengo da última quarta-feira, a direção do clube paulista fará uma nova reunião, nesta semana, para definir o futuro de René e Val Baiano, que foram afastados preventivamente após o episódio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.