São Paulo vence o Náutico de virada em estreia de Ganso

Luis Fabiano e Rogério Ceni marcaram no jogo, que teve público recorde da Série A: 62.207 pagantes

José Roberto Gomes, O Estado de S. Paulo

18 Novembro 2012 | 15h18

SÃO PAULO - Na estreia de Paulo Henrique Ganso, deu tudo certo para o São Paulo. De virada, os comandados de Ney Franco derrotaram o Náutico por 2 a 1 neste domingo, para a alegria dos mais de 62 mil torcedores que compareceram ao Estádio do Morumbi. Além disso, com 62 pontos, a equipe paulista precisa agora apenas de um empate para ficar entre os quatro primeiros do Campeonato Brasileiro e, assim, garantir uma vaga na Copa Libertadores.

.

A grande sensação da tarde são-paulina também não decepcionou. Apesar de uma atuação discreta, Ganso mostrou disposição, trocou muitos passes no meio do campo e até arriscou chutes no gol adversário. Como programado, o meia só entrou em campo aos 10 minutos do segundo tempo, permanecendo até o final

A vitória do São Paulo, contudo, não veio sem sustos. Logo no início da última etapa, uma cobrança de falta colocou o Náutico na frente. Mas o destino quis que o empate são-paulino viesse no mesmo minuto em que Ganso foi chamado para entrar em campo. Um sinal de que a presença do meia no gramado poderia mudar o rumo da partida.

Pelo Brasileirão, o São Paulo volta a jogar no próximo domingo, contra a Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Antes disso, faz a semifinal da Copa Sul-Americana contra a Universidad Católica na quinta-feira. Já o Náutico, que segue com 45 pontos no campeonato nacional, encara o Bahia em Salvador na próxima rodada.

O JOGO

A etapa inicial da partida foi marcada por um São Paulo ofensivo, que movimentava mais a bola, mas que não conseguia furar a barreira imposta pelo Náutico. A equipe paulista só conseguiu ameaçar pela primeira vez aos dez minutos, quando Lucas chutou da entrada da área e mandou a bola à direita da meta de Felipe.

Apesar dos ataques, o marcador não saída do 0 a 0. E o desenrolar do primeiro tempo só serviu para pressionar ainda mais o São Paulo por um gol. Para piorar, uma falta em Alemão nos minutos finais rendeu o amarelo a Luis Fabiano. Com três cartões, o atacante estará fora do próximo jogo, contra a Ponte Preta.

Se a primeira etapa foi frustrante, o início do segundo tempo foi, no mínimo, assustador para o São Paulo. Logo aos três minutos, Souza cobrou falta na entrada da área. O chute forte no canto direito não deu chances a Rogério Ceni, que se esticou, mas não conseguiu evitar o gol do Náutico.

Não demorou, contudo, para o São Paulo retomar o domínio que havia imposto na etapa inicial. E a recompensa também veio logo em seguida. Aos nove minutos, Osvaldo levantou a bola na área do Náutico para Luis Fabiano, que cabeceou direto para o fundo do gol adversário.

Com o marcador novamente apontando igualdade, estava tudo pronto para a entrada de Paulo Henrique Ganso. A tão aguardada estreia do meia começou aos 11 minutos do segundo tempo, após substituir Jadson.

Ganso teve uma atuação discreta, movimentando-se no meio de campo, trocando passes e até chutando no gol adversário.

Se não marcou, ao menos deu sorte. Aos 24 minutos, Luis Fabiano foi derrubado por Alemão na área e o árbitro deu o pênalti, convertido na sequência por Rogério Ceni. Aos 25 minutos da segunda etapa, o São Paulo virou o jogo. Para a festa da torcida e de Ganso.

No restante do segundo tempo, o São Paulo continuou atacando, mas não conseguiu ampliar o placar. Tal ofensiva ficou evidente na quantidade de amarelos recebido pelo Náutico, que freava o avanço são-paulino: sete cartões. No final, porém, a torcida que lotou o Morumbi ficou feliz com a vitória de virada e a estreia de Ganso.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 2 X 1 NÁUTICO

SÃO PAULO - Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi (Edson Silva), Rhodolfo e Cortez; Wellington e Denilson; Lucas, Osvaldo (Cícero) e Jadson (Paulo Henrique Ganso); Luis Fabiano. Técnico: Ney Franco.

NÁUTICO - Felipe; Patric, Alemão, Jean Rolt e Douglas Santos; Josa, Alison, Souza (Reis) e Rhayner; Rogério (Kim) e Kieza. Técnico: Alexandre Gallo.

GOLS - Souza, aos 3, Luis Fabiano, aos 9, e Rogério Ceni (pênalti), aos 25 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wagner Reway (MT).

CARTÕES AMARELOS - Douglas, Luis Fabiano, Rodholfo, Alemão, Jean Rolt, Kieza, Rhayner, Wellington, Josa e Kim.

RENDA - R$ 1.429.237.

PÚBLICO - 62.207 pagantes.

LOCAL - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

-------------------------------------------------------------

TEMPO REAL DA PARTIDA

SEGUNDO TEMPO

48 min - Fim de jogo.

46 min - Wellington tabelou com Cícero e bateu por cima do gol. Poderia ser o terceiro gol.

43 min - Luís Fabiano finaliza, mas a bola sai prensada e vai por cima do gol.

41 min - Cícero substitui Osvaldo, que pediu para sair devido a dores musculares.

38 min - Josa recebe o cartão amarelo por falta em Lucas.

35 min - Wellington faz falta no meio de campo e toma o cartão amarelo.

33 min - Volante Souza pede para ser substituído. Atacante Reis entra em seu lugar. Última tentativa do técnico Alexandre Gallo de tornar o time mais ofensivo.

32 min - São Paulo bastante à vontade em campo, pressionando o Náutico.

29 min - Público no Morumbi: 62.207 pagantes. É o maior público do Brasileirão 2012. A renda foi de R$ 1.429.237,00.

25 min - Além de tomar o gol, o Náutico perdeu dois jogadores para o próximo jogo contra o Bahia: Kieza e Rhayner, por reclamação no lance do pênalti, tomaram o terceiro cartão amarelo.

25 min - GOOOOOLLLLLL, do São Paulo. Rogério Ceni cobra pênalti e desempata: 2 x 1.

24 min - Pênalti para o São Paulo. Alemão tenta o desarme mas atinge o atacante Luís Fabiano.

22 min - Jean Rolt segura Ganso na saída para o contra-ataque e toma o cartão amarelo.

20 min - São Paulo passa a se movimentar mais. Volante Denílson passa a subir mais para o ataque. O jogo fica mais aberto.

17 min - Osvaldo recebe de Ganso na zona frontal da intermediária e chuta forte. Felipe defende sem maior dificuldade.

12 min - Náutico também muda. Kim entra na vaga de Rogério.

10 min - Paulo Henrique Ganso entra em campo no lugar de Jadson. É a estreia do meia no São Paulo.

9 min - GOOOOOLLLLLL, do São Paulo. Luís Fabiano recebe cruzamento de osvaldo e cabeceia no canto direito. Felipe nem pulou. Empate no Morumbi.

6 min - Alemão toma o cartão amarelo por falta em Osvaldo.

3 min - GOOOOOLLLLLL, do Náutico. Souza cobrou falta no canto direito e Rogério não alcançou. Pernambucanos em vantagem no Morumbi: 1 x 0.

2 min - Em contra-ataque, Kieza é parado por Rodolfo, em falta perigosa. Cartão amarelo para o zagueiro. Souza vai cobrar.

0 min - Começa o segundo tempo.

As equipes sobem para o gramado para o segundo tempo. O meia Paulo Henrique Ganso não entra na equipe. No entanto, Rafael Tolói, machucado, dará lugar a Edson Silva.

INTERVALO

Durante todo o primeiro tempo, o São Paulo teve predomínio territorial, jogando sempre no campo do Náutico e com mais posse de bola. No entanto, faltou mais movimentação para penetrar no fechado sistema defensivo da equipe adversária. O meia Lucas, percebendo a dificuldade coletiva, tentou vários chutes de fora da área.

Do lado do time pernambucano, a estratégia só não foi melhor porque o contra-ataque praticamente não existiu. O atacante Kieza, quinto lugar na lista de artilheiros do Brasileirão com 13 gols, estava isolado e distante da grande área são-paulina. A opção pela bola parada com Souza não surtiu efeito.

A polêmica do primeiro tempo foi o toque com a mão de Alison — zagueiro alvirrubro improvisado como volante — na grande área em um lance com Jadson. O Tricolor pediu pênalti, mas o árbitro Wagner Reway não deu.

A dificuldade de criação do São Paulo abre a perspectiva da utilização do meia Paulo Henrique Ganso no segundo tempo. Uma das possibilidades seria a entrada na vaga de Osvaldo, que não esteve bem. Com isso, Ganso poderia jogar centralizado e Jadson ocupar a faixa esquerda. Outra hipótese seria com os dois meias jogando juntos e Lucas mais adiantado, como segundo atacante, ao lado de Luís Fabiano — que não teve chance de gol nos 45 minutos iniciais.

PRIMEIRO TEMPO

47 min - Fim do primeiro tempo.

47 min - Rodolfo desarma Rogério, mas termina atingindo o jogador na sequência.

43 min - Luís Fabiano deixa o braço ao ser driblado pelo zagueiro Alemão, do Náutico. O vice-artilheiro da Série A toma o cartão amarelo.

42 min - A posse de bola é predominantemente são-paulina: 70% contra 30%.

39 min - Jadson cruza para Luís Fabiano, mas Jean Rolt afasta de cabeça. Na sobra, Lucas chuta e a defesa rebate.

37 min - Lucas tenta mais uma vez de longe. O chute sai rente ao poste esquerdo. O goleiro Felipe estava bem posicionado no lance e tirou a mão para não ceder escanteio.

36 min - Em cobrança de falta próxima à bandeirinha de escanteio na esquerda, Jadson põe muita força e a bola se perde pela linha de fundo.

34 min - Após cobrança de falta, Paulo Miranda afasta parcialmente e Rogério chuta por cima do gol são-paulino.

33 min - Rhayner sofre falta pela direita, e Souza se prepara para mandar a bola na área.

32 min - Goleiro Felipe tira de socos a bola que foi cruzada por Jadson em cobrança de falta lateral.

31 min - São Paulo domina. Até agora o goleiro Rogério Ceni quase não teve trabalho. Náutico ainda não finalizou ao gol.

26 min - Jadson recebe ótimo passe de Paulo Miranda na grande área, mas se atrapalha ao dominar a bola, e a defesa alivia. Jogador reclama de toque na mão de Alison. O árbitro não viu.

22 min - O técnico do Náutico, Alexandre Gallo, reclama que o árbitro estaria pressionando os jogadores alvirrubros, ameaçando punir com cartões. Até agora apenas Douglas Santos tomou o amarelo.

19 min - Jadson cobra escanteio e Paulo Miranda cabeceia para fora.

18 min - Lucas novamente é parado com falta. Foi puxado por Josa, que não recebeu cartão amarelo. Meia tricolor mostra muito ímpeto ofensivo neste início de partida e é até aqui o melhor em campo.

16 min - Lateral-esquerdo Douglas Santos recebe cartão amarelo por falta em Lucas, que arrancava pela ponta direita.

13 min - O São Paulo vai cercando o Náutico, que se defende dentro da sua grande área. Mas o Tricolor ainda não conseguiu a penetração.

10 min - Osvaldo recebe de Lucas na grande área, tenta passar por Alemão e cai pedindo pênalti. Wagner Reway manda seguir.

9 min - Lucas tenta mais uma vez de fora da área, mas agora pega mal na bola e manda para longe.

8 min - Lucas recebe na intermediária, ajeita para a perna esquerda e bate forte. Felipe defende em dois tempos.

7 min - As duas equipes erram muitos passes e não conseguem criar chances de gol.

4 min - Paulo Miranda faz o lançamento para Luís Fabiano, mas o goleiro Felipe chega primeiro.

2 min - Souza cobra o escanteio para o Náutico, mas a defesa tricolor afasta.

1 min - Começa o jogo no Morumbi.

As equipes estão em campo para iniciar a partida. Bastante procurado pelos repórteres, Paulo Henrique Ganso disse que a festa feita pela torcida são-paulina está muito bonita, com todos os 62 mil ingressos esgotados.

"Espero que eu possa retribuir esse carinho todo dentro de campo. É muito bom ser recebido assim, mas a responsabilidade é grande", afirmou o meia, camisa 8.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.