São Paulo vence Sport: 4 a 2

Na estréia do técnico Nelsinho Baptista, coube ao São Paulo honrar o futebol paulista neste sábado à noite, em Maceió. Em seu primeiro jogo na Copa dos Campeões, o Tricolor venceu o Sport por 4 a 2. Dessa forma, pode até perder por um gol no jogo de volta, quarta-feira, às 19h15, em João Pessoa, para passar à próxima fase. Já os pernambucanos precisam vencer por três gols ou por dois para decidir nos pênaltis.Apesar do início de jogo equilibrado, o Sport ficou atrás e respeitou o São Paulo mais do que deveria. Nem mesmo cobrança de falta de Leonardo, que obrigou o goleiro Rogério Ceni a fazer uma boa defesa aos 13 minutos, relaxou a equipe pernambucana. Do outro lado, os paulistas eram mais objetivos e lavavam mais perigo ao gol de Nei.A partir dos 30, o Sport recuperou-se e passou a atacar o adversário com mais freqüência. Aos 32, a bola sobrou para Ricardinho, que, quase de dentro da pequena área, chutou para fora. Mas a reação da equipe de Júlio César Espinosa não durou muito. Sete minutos depois, o lateral-direito são-paulino Reginaldo Araújo avançou e chutou. A bola desviou na zaga e o atacante Luís Fabiano, de letra, tocou no canto direito de Nei e fez um belo gol. "A bola veio e no momento tive de pensar rápido, já que não dava tempo para dominar", afirmou o jogador.No segundo tempo, o Tricolor voltou avassalador. Logo aos 3, Luís Fabiano fez tabela com França, ficou de frente para Nei, mas chutou em cima do goleiro. Na seqüência, nova tabela na entrada da área, Douglas finalizou, Nei rebateu e Fábio Simplício concluiu no rebote. Nem o segundo gol sossegou os paulistas. Dois minutos depois, Reginaldo Araújo cruzou da direita na medida para França, que cabeceou para o chão e fez o terceiro do São Paulo. O Sport foi para cima e aos 9 chegou ao gol. O lateral-esquerdo Dutra pegou uma sobra de bola e chutou forte, de dentro da área, no canto esquerdo de Rogério.O Sport pressionou. Aos 38, Júnior Amorim teve a chance de diminuir com um pênalti. Mas ele bateu mal e mandou a bola para fora. Aos 42, Leonardo, sozinho na área, fez o segundo do Sport. Mas dois minutos depois Luís Fabiano, na velocidade, fez o quarto são-paulino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.