Lucas Uebel/Divulgação
Lucas Uebel/Divulgação

São Paulo veta participação de Rhodolfo em jogo de domingo

Zagueiro pertence ao Tricolor, que não poderá contar com Welliton, vindo do Grêmio

Fernando Faro, O Estado de São Paulo

28 de setembro de 2013 | 08h00

SÃO PAULO - O São Paulo decidiu não aceitar a solicitação do Grêmio para contar com o zagueiro Rhodolfo no duelo entre as equipes neste domingo. O clube gaúcho acenou com a possibilidade de liberar a participação de Welliton, que foi repassado ao São Paulo, se os paulistas permitissem que o defensor entrasse em campo, mas a diretoria recusou.

"Não chegamos a ser consultados oficialmente sobre esse assunto, mas não agrada a ideia porque já tivemos alguns exemplos de jogadores que se machucaram para tentar provar seu valor para a ex-equipe, para mostrar que poderiam estar lá. Não vejo isso como uma postura saudável e queremos apenas preservar o atleta, nada além disso", explicou o vice de futebol, João Paulo de Jesus Lopes.

Sem espaço no São Paulo, Rhodolfo virou titular absoluto no Grêmio e homem de confiança de Renato Gaúcho. O camisa 44 chegpu por empréstimo até o meio do ano que vem e não escondeu a mágoa com a forma como foi tratado pelo então diretor de futebol Adalberto Baptista na época da negociação. Ao lado de Rafael Toloi, ajudou o São Paulo a se recuperar no segundo turno do Brasileiro do ano passado (a equipe teve a melhor defesa da metade final do campeonato) e a conquistar o título da Copa Sul-Americana.

Welliton, por sua vez, ainda briga para encontrar seu espaço no Morumbi. Ele já marcou um gol (na vitória sobre o Atlético-MG por 1 a 0), mas ainda luta para perder peso e entrar em sua melhor forma. O jogador pertence ao Spartak Moscou e fica no Morumbi até o fim do ano. Se agradar, o Tricolor pode desembolsar 3 milhões de euros (cerca de R$9,2 milhões) para contratá-lo em definitivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.