Renata Lutfi/ São Paulo
Renata Lutfi/ São Paulo

São Paulo volta a contar com dupla de zaga mais escalada no Brasileiro

Suspensão de Arboleda contra o Botafogo abre espaço para Aguirre utilizar seus dois zagueiros mais assíduos

Renan Cacioli, O Estado de S. Paulo

26 de setembro de 2018 | 11h00

O São Paulo vai utilizar domingo, contra o Botafogo, sua dupla de zaga mais escalada nesta edição do Campeonato Brasileiro. A suspensão de Arboleda, que recebeu o terceiro amarelo diante do América-MG, abre caminho para que Bruno Alves e Anderson Martins formem a retaguarda tricolor no duelo válido pela 27ª rodada da competição.

Até aqui, o técnico Diego Aguirre testou sete formações diferentes na zaga da equipe. A com os dois começou jogando em oito oportunidades. No empate com o América-MG, na rodada anterior, Bruno Alves estava suspenso.

Confira as três duplas mais escaladas até o momento:

Bruno Alves e Anderson Martins: 8 jogos

Arboleda e Anderson Martins: 7 jogos

Arboleda e Bruno Alves: 6 jogos

Aos 31 anos, Anderson Martins vai jogar a oitava partida consecutiva no Brasileirão. Ele esteve em campo, portanto, em todos os jogos do returno. Até aqui, participou de 18 dos 27 confrontos do campeonato. Foi o zagueiro mais escalado por Aguirre, seguido por Arboleda e Bruno Alves, com 17 cada. Rodrigo Caio, que voltou a ser opção recentemente após longo período se recuperando de lesão, jogou apenas três vezes.

Com 20 gols sofridos, a defesa do São Paulo é a quarta menos vazada (junto com a do Cruzeiro), atrás somente das de Grêmio (14), Internacional (16) e Palmeiras (17).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.