São Paulo x Gabriel: segue o impasse

Segue o impasse entre a diretoria do São Paulo e Wladimir, pai e procurador do lateral-direito Gabriel. O contrato do jogador terminou dia 31 de maio, mas, para os dirigentes, os direitos federativos do lateral ainda pertencem ao clube. Na avaliação de Wladimir, o vínculo acabou. "Pela Lei Pelé, o Gabriel está livre para procurar outro clube." Carlos Augusto de Barros e Silva, diretor de futebol do São Paulo, tem outra opinião sobre o assunto. "Como o Gabriel ainda é um atleta em formação, o São Paulo tem direitos sobre ele", disse. Isso significa que, se não houver acordo para a renovação, e Wladimir resolver procurar outro clube para o filho, o São Paulo só dará a liberação do atleta se for indenizado. "O São Paulo protocolou na Federação Paulista uma proposta para a renovação do contrato. A nossa proposta para a renovação também já foi feita. Quando o último contrato do Gabriel terminou, eu propus renová-lo por três anos, mas a diretoria do São Paulo preferiu prorrogar o vínculo por 90 dias. Não posso fazer nada. Nesta quarta-feira deveremos ter nova reunião", afirmou Wladimir. Procurado pelo JT, Barros e Silva, porém, disse que não iria se encontrar com o ex-jogador do Corinthians novamente. "Conversamos segunda-feira, mas não houve acordo. Não agendamos outra reunião." Barros e Silva viajou nesta quarta-feira para a França. Foi tentar, enfim, um desfecho para a enrolada ?novela? do reempréstimo do atacante Reinaldo, que pertence ao Paris Saint-Germain. O clube estréia na Copa dos Campeões dia 3 de julho, em Natal, às 19h15, contra o Vitória (BA). O Ministério Público julgou improcedente a ação movida pela Prefeitura contra o São Paulo, que não estaria cumprindo o acordo de ceder o CT da Barra Funda para o treinamento de crianças. "O Ministério Público concluiu que o São Paulo cedeu o local para a utilização de crianças indicadas pela Prefeitura. O problema foi da Prefeitura, que nunca o utilizou", argumentou o presidente do clube do Morumbi, Marcelo Portugal Gouvêa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.