São Raimundo-AP perde pontos no STJD e está eliminado da Série D do Brasileiro

Corte concordou com a promotoria e decidiu a punição por unanimidade

O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2017 | 14h34

A 4ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou e puniu o São Raimundo-PA pela escalação irregular do meia Leandro Gleidson Diniz na 4ª rodada da primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro. Além de uma multa de R$ 1 mil, o clube paraense perdeu três pontos no Grupo A2 e, assim, está eliminado da segunda fase, dando a sua vaga para a Desportiva Ferroviária-ES.

Com pouco mais de uma hora de deliberações, a corte concordou com a promotoria e decidiu por unanimidade a punição do São Raimundo-PA. O julgamento era decisivo para a sequência da competição, já que os jogos deste final de semana foram adiados aguardando o resultado no tribunal. A pena em primeira instância ainda cabe recurso e pode chegar ao Pleno do STJD. Os paraenses já sinalizaram que vão recorrer da decisão.

Leandro Gleidson Diniz foi relacionado para enfrentar o Baré no dia 11 de junho, mas seu contrato ainda não constava no Boletim Informativo Diário (BID). Ao manter sua escalação, o clube infringiu o Artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) que penaliza quem "inclui na equipe, ou faz constar da súmula ou documento equivalente, atleta em situação irregular para participar de partida, prova ou equivalente".

A acusação apresentou uma foto do banco de reservas do São Raimundo em que o meia de 18 anos aparece sentado, com o colete de reservas. Do outro lado, a defesa do São Raimundo-PA endossava sua teve com um áudio do delegado da partida, Paulo da Rocha Romano, que garantia a não escalação do jogador. O relator Luis Felipe Procópio foi o primeiro a votar e os outros auditores seguiram sua linha de raciocínio, com uma decisão unânime.

O São Raimundo-PA foi o vice líder do Grupo 2, com 10 pontos, mas com a punição cai para apenas sete, igualado com o Fast Clube-AM, vencendo nos critério de desempate. Mesmo com a segunda posição, o time não tem a pontuação necessária para garantir a vaga à segunda fase, dando seu posto à Desportiva Ferrovária-ES, o que muda todos os confrontos que haviam sido divulgados pela CBF e tiveram que ser revogados.

Agora o Atlético-AC enfrenta o São Francisco-PA e a Desportiva-ES continua na briga pelo acesso contra o Operário-PR. O time capixaba vivia a expectativa de garantir a classificação e, por isso, não dispensou o elenco. Os jogos da segunda fase devem ser marcados para o final de semana do dia 7 de julho.


Confira como ficam os duelos após a saída do São Raimundo-PA:


Atlético-AC x São Francisco-PA

Gurupi-TO x Princesa do Solimões-AM

Rio Branco-AC x Maranhão-MA

Santos-AP x Altos-PI

Guarany de Sobral-CE x Sousa-PB

Globo-RN x Parnahyba-PI

Juazeirense-BA x Jacobina-BA

Fluminense de Feira-BA x Campinense-PB

América-RN x Aparecidense-GO

Ceilândia-DF x Comercial-MS

União Rondonópolis-MT x Villa Nova-MG

Portuguesa-RJ x URT-MG

Boavista-RJ x Espírito Santo-ES

Operário-PR x Desportiva Ferroviária-ES

São Bernardo-SP x Metropolitano-SC

São José-RS x Brusque-SC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.