São Raimundo espera quebrar tabu

O São Raimundo, conhecido como Tufão, vai tentar diante da Portuguesa derrubar um tabu: jamais venceu três jogos seguidos na Série B, desde sua primeira participação na temporada de 2000. O time dirigido por Luís Carlos Winck, ex-lateral do Internacional-RS e da seleção brasileira, tem esperança de atingir seu objetivo, mesmo porque venceu o Avaí, por 3 a 1, em casa, e depois surpreendeu o mistão do Paulista, em Jundiaí, por 2 a 1. No interior paulista, o Tufão já conseguiu a sua primeira vitória fora de casa também deste 2000. O retrospecto no Vivaldão também é positivo. Em duas partidas, conseguiu empatar em 1 a 1 com o Sport e venceu por 3 a 1 o Avaí. O time soma sete pontos, ocupando a décima posição. Em relação do time, Luís Carlos Winck não terá o volante Doriva, expulso em Jundiaí, que dá lugar para Leandro Marangon. Com dores na coxa, o atacante Delmo, artilheiro do time com três gols, pode ficar de fora. Se ele não tiver condições de jogo, quem entra é Zé Rebite.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.