São Raimundo: jogadores criticam gramado

O primeiro jogo da série B do Campeonato Brasileiro, entre São Raimundo e América (RN), domingo, já está cercado de polêmica. Apesar do investimento feito pelo governo do Estado, que trouxe inclusive um técnico de Goiás para tentar resolver o problema, o gramado do Estádio Vivaldo Lima está em péssimas condições. E quem diz isso é o próprio time da casa. O São Raimundo treinou no Vivaldão e todos os jogadores reclamaram dos buracos e do desnivelamento do piso. O técnico Paulo Galvão foi um dos que mais reclamaram. "Nunca vi o time errar tantos passes. Tanto que estou instruindo os jogadores a evitar carregar a bola, optando por passes mais longos", comentou o treinador. A reclamação do técnico é certa. Durante o treino, até mesmo um passe lateral, de curta distância, chegava defeituoso. A bola quicava em demasia e saia visivelmente da trajetória. O goleiro Flávio Mendes chegou até a externar a preocupação com a possibilidade de tomar um gol com a ajuda dos inúmeros "montinhos artilheiros" existentes nas grandes áreas. "Qualquer chute vai merecer atenção dobrada", adiantou. Para o administrador do estádio, Ariovaldo Malízia, o trabalho de recuperação do gramado foi correto e que tudo foi feito para acelerar a recuperação do campo para a estréia no Campeonato Brasileiro. "Enfrentamos problemas de excesso de chuva e cansaço do gramado. Mas com o tempo ele ficará em perfeitas condições", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.