Marco Bertorello/AFP
Marco Bertorello/AFP

Sarri nega problemas com Cristiano Ronaldo na Juventus: 'A relação é boa'

Treinador italiano também falou sobre as condições físicas do astro português

Redação, Estadao Conteudo

25 de novembro de 2019 | 13h44

Classificada com antecipação às oitavas de final, a Juventus enfrenta o Atlético de Madrid nesta terça-feira, em Turim, para garantir a primeira colocação do Grupo D da Liga dos Campeões da Europa. Tem 10 pontos contra sete dos espanhóis, faltando apenas duas rodadas por jogar. Poupado por questões físicas no final de semana pelo Campeonato Italiano, Cristiano Ronaldo deve voltar ao time titular.

Nesta segunda-feira, na entrevista coletiva prévia ao jogo, o técnico da Juventus, Maurizio Sarri, não deu certeza de suas condições físicas. "Treinou junto dos colegas e parece estar melhor. É positivo o fato de nesta segunda-feira ter participado de todo treinamento", afirmou o italiano, que mais uma vez negou qualquer problema com o atacante português, substituído nas últimas duas partidas que entrou em campo.

"A minha relação com Ronaldo? Não sei que tipo de notícias chegam à Espanha. A relação é boa. Se ele fica chateado quando o substituo, é sinal de quem tem é muito motivado por jogar. Nesse aspecto penso como Diego Simeone (treinador do Atlético de Madrid). Levo já muitos anos vendo jogadores saírem chateados do campo quando são substituídos", comentou.

O treinador italiano discordou que sua equipe dependa muito da qualidade individual de seus jogadores. "Não leio muito o que se escreve. Não tenho que ler o que dizem os jornais para avaliar o valor da minha equipe. Às vezes leio algumas coisas, mas só de vez em quando. Esta equipe tem características próprias. Antes diziam que eu era um talibã por ser fiel ao meu jogo, agora dizem que as coisas não estão bem porque me adapto (às características) aos jogadores. Não ligo para o que dizem. Sigo o meu próprio caminho", completou.

Classificado na Liga dos Campeões, a Juventus faz boa campanha também no Campeonato Italiano. Com a vitória por 3 a 1 sobre a Atalanta, em Bérgamo, no último sábado, se manteve na liderança com 35 pontos após 13 rodadas - são 11 vitórias e dois empates. Na sua cola está a Inter de Milão com um ponto a menos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.