Amanda Perobelli / Estadão
Amanda Perobelli / Estadão

Sasha e Rodrygo preocupam Santos para segundo jogo da semi do Paulistão

Além de dúvidas, Léo Cittadini é desfalque certo para volta contra o Palmeiras

Estadão Conteúdo

25 de março de 2018 | 16h34

Após sair atrás no duelo da semifinal do Campeonato Paulista, o Santos terá pouco tempo para recuperar seus jogadores para a partida da volta contra o Palmeiras, na terça-feira, novamente no Pacaembu. O tempo será curto porque o ataque preocupa: Eduardo Sasha e Rodrygo jogaram no sacrifício no sábado.

+ Jair elogia mudança de postura do Santos e cobra melhor pontaria no jogo da volta

+ Do outro lado também: Marcos Rocha e Victor Luis viram dúvidas no Palmeiras para 2º jogo da semifinal

Eles entraram em campo no limite por conta do desgaste físico neste início de temporada. Mesmo assim, Sasha jogou os 90 minutos. Rodrygo, por sua vez, entrou somente na etapa final, na vaga de Diogo Vitor. Assim, a dupla fará trabalho de recuperação nesta segunda-feira, véspera do duelo decisivo.

À preocupação do técnico Jair Ventura quanto à dupla se soma a baixa certa de Léo Cittadini. O jogador sofreu lesão muscular na coxa esquerda e não terá condições de entrar em campo na terça-feira. O treinador vai definir o seu substituto na atividade desta segunda.

Jair deve dar atenção especial no treino aos trabalhos de finalização, grande ponto fraco do Santos na derrota por 1 a 0 para o Palmeiras. O time santista parou nas boas defesas do goleiro Jailson e também nas próprias falhas de ataque. "Precisamos apenas traduzir as chances claras em gol. E ter atitude [mais ofensiva] no segundo jogo, para conseguir a classificação", prega o treinador.

Além de resolver suas irregularidade no ataque, o Santos precisa superar Jailson, na avaliação de Jair. "Ele vive um momento fantástico, não só ele, mas o time todo do Palmeiras tem jogadores em um bom momento. E ele foi o diferente, o camisa 10, o jogador decisivo", avalia o técnico, que conta com uma oscilação do goleiro no jogo da volta. "Parabéns ao Jailson. Mas, para terça, agora chega, né?", brinca Jair.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.