Vítor Silva / SS Press/ Botafogo
Vítor Silva / SS Press/ Botafogo

Sassá brinca e diz que gol de bicicleta foi inspirado em Rodrigo Pimpão e Camilo

Bem-humorado, atacante respondeu as brincadeiras dos colegas de que "só fazia gol de pênalti"

Estadao Conteudo

03 de abril de 2017 | 09h06

Principal destaque na vitória do Botafogo sobre o Resende por 3 a 2, neste domingo, no estádio do Engenhão, no Rio, pela Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, ao marcar um golaço de bicicleta, o atacante Sassá agradeceu aos companheiros por ajudá-lo no período em que esteve afastado por indisciplina.

O jogador ficou de fora da lista de inscritos para a Copa Libertadores por conta de seu comportamento. A direção do Botafogo reclamou que Sassá era figura constante na noite carioca, além de chegar atrasado em treinos e na concentração.

"Estou feliz por entrar e colaborar com o Botafogo. Agradecer aos companheiros, na hora que mais precisei eles me ajudaram. Os caras ficam falando que só faço gol de pênalti. É o fundamento que mais trabalho e a bola está entrando. Mas também faço com a bola rolando. Aproveitei o embalo do Camilo, do (Rodrigo) Pimpão e pensei: vou tentar também", comentou em referência aos dois companheiros que também marcaram gols de bicicleta recentemente.

O técnico Jair Ventura elogiou Sassá. "Ele tem que provar a todo momento. O Sassá veio me abraçar. A gente brinca que ele só faz gol de pênalti. A gente implica com ele. Quero deixar ele nervoso para ele fazer gol. Por isso ele veio me abraçar. Eu brinquei: 'Estava na hora, né?'".

A vitória por 3 a 2 garantiu o Botafogo na liderança do Grupo B. Por isso, na semifinal da Taça Rio, o time enfrentará o Fluminense com a vantagem de jogar pelo empate. Vasco e Flamengo fazem a outra semifinal do segundo turno do Campeonato Carioca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.