Rubens Chiri/SPFC
Rubens Chiri/SPFC

Satisfeito com estreia, Centurión mira sequência no São Paulo

Argentino não poderá jogar na estreia do time na Copa Libertadores, diante do Corinthians, por conta de uma suspensão de 2013

Estadão Conteúdo

15 de fevereiro de 2015 | 14h01

A estreia de Adrian Centurión com a camisa do São Paulo agradou à torcida, ao técnico Muricy Ramalho e a próprio atleta. Satisfeito com seu desempenho, o reforço argentino já projeta emplacar uma sequência de jogos como titular para ganhar ritmo de jogo e brilhar ainda mais pela nova equipe.

"Estou muito contente e agora é trabalhar mais. Estou contente pelo gol e pelo jogo todo", afirma o meia, que deixou sua marca na estreia. "Eu me senti muito bem. E estou mais tranquilo para os próximos passos."

A sequência de jogos, contudo, só será retomada na próxima rodada do Paulistão porque Centurión não poderá jogar a estreia na Copa Libertadores. O argentino vai cumprir suspensão relativa a uma punição recebida ainda em 2013 e não terá condições de disputar o clássico com o Corinthians.

Mesmo assim, ele segue empolgando a comissão técnica do São Paulo. "Ele é um jogador inteligente, faz a leitura do jogo muito bem", comenta Muricy, que atribui parte do resultado contra o Bragantino (goleada de 5 a 0) ao desempenho do reforço. "Pedi para ele entrar na área e ele se achou em campo. Enquanto teve gás, ajudou e muito a equipe. Fez todo o time ser mais veloz."

OUTROS ELOGIOS

O treinador também exaltou a atuação de Maicon no sábado. "É o jogador que mais participa do jogo. Ele tem qualidade, toca bem, passa bem e participa demais. Não dá para viver só de um lance, tem que participar o tempo todo, e ele faz isso bem. Não é surpresa nenhuma para mim o que ele apresentou no jogo. Sempre é um dos melhores do time", declarou Muricy.

Apesar das considerações positivas, o treinador evitou antecipar qual será a formação do São Paulo no clássico. "Tenho várias opções de nível no meu elenco. Vou escolher a melhor para quarta-feira. Tenho uma base mais ou menos definida, não vou mexer muito. Porém, também não vou entregar aqui a escalação, ainda temos três dias para a estreia na competição", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.