Saulo teme ficar marcado pelos juízes

O goleiro Saulo teme ficar marcado pelos juízes por se adiantar na hora da cobrança de pênaltis, mas não se conforma com o que está acontecendo. Na quarta-feira, mais uma vez o árbitro mandou voltar o lance, depois de ele ter defendido o primeiro chute e, por sorte, a bola bateu na trave na repetição. "É impossível um goleiro que não dá um passo para frente", disse ele, lamentando: "acho que até já estou marcado e tenho de arrumar um jeito para não afetar o time". Saulo acredita que se tivesse mais fama, isso não aconteceria. "Se fosse um Rogério, um Marcos, isso não seria da forma que está sendo". E completa: "é fácil os juízes me pegarem, tenho 20 anos e por estar começando agora, então pensam que isso é bom para eu aprender". Saulo admite que tentou induzir Tuta a chutar. "Peguei o pênalti e nem sabia que o juiz tinha mandado voltar a cobrança. Tanto que eles nem reclamaram da defesa, se conformaram". Fazendo um balanço de sua campanha como titular do Santos, acredita que esteja passando por uma boa fase, "mas tenho de almejar mais, pois não conquistei nada ainda".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.