Divulgação/Conmebol
Divulgação/Conmebol

SBT fecha direitos de transmissão da Libertadores; Palmeiras e Grêmio são as primeiras atrações

Jogos de quarta-feira que seriam transmitidos pela Globo serão herdados pela emissora de Silvio Santos

Raul Vitor, O Estado de S.Paulo

10 de setembro de 2020 | 11h35

A Copa Libertadores da América tem uma nova casa na TV aberta: o SBT, de São Paulo. A emissora de Silvio Santos fechou acordo com a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), tomou o tradicional lugar da Rede Globo e transmitirá a principal competição da América do Sul até 2022. O Flamengo é o atual campeão. 

O SBT terá o direito de transmitir dois jogos por rodada, sempre às quartas-feiras, às 21h30. A emissora vai herdar as partidas que a Globo já havia escolhido previamente antes de romper seu contrato com a Conmebol por questões financeiras. A emissora tentou renegociar o valor dos direitos de US$ 60 milhões (R$ 316 milhões na cotação atual). 

Desta forma, os jogos de estreia do SBT serão os de Palmeiras e Grêmio, na próxima quarta-feira, dia 16 de setembro. O time do técnico Vanderlei Luxemburgo visita o Bolívar, pela terceira rodada do Grupo B. A equipe de Renato Gaúcho encara a Universidad Católica, também como visitante, pelo Grupo E.

O torneio continental será retomado na próxima terça-feira, dia 15, após longo período de paralisação por causa do novo coronavírus. Os últimos jogos haviam sido disputados no dia 12 de março.

Na semana passada, o Estadão já havia confirmado a notícia de que Conmebol e SBT negociavam os direitos de transmissão do torneio. Na ocasião, restavam alguns trâmites burocráticos para que o acordo fosse assinado, o que aconteceu nesta semana. A emissora paulista deve soltar um comunicado oficial ainda nesta quinta. Com o pacote de jogos livre no mercado, a Conmebol procurou outras emissoras interessadas na transmissão do torneio. A negociação mais bem sucedida foi com o SBT, que possui alcance significativo em território nacional e já mostrou ser bem sucedida em transmissões de futebol, neste ano, com a exibição da final do Campeonato Carioca. 

Apesar da redução do valor de contrato não ter sido aceito pela Conmebol, o SBT deve herdar uma valor inferior a quantia que seria paga previamente pela Globo. Isso porque os U$ 60 milhões (R$ 316 milhões na cotação atual) que seriam pagos pela antiga detentora dos direitos de transmissão do torneio incluíam exibições em TV fechada. Como o SBT opera apenas em rede aberta, o custo deve ser menor.

Em comunicado, o SBT comemorou a aquisição dos direitos do torneio.  "É muito bom poder anunciar esta parceria. Sabemos que o futebol é o esporte mais popular no Brasil e, como somos também uma emissora popular, nada melhor do que podermos voltar às transmissões nacionais", disse o CEO da emissora, José Roberto dos Santos Maciel. "Temos o prazer de apresentar o SBT como novo detentor dos direitos televisivos da Libertadores para o Brasil. Esta aliança nos permitirá levar a emoção da Glória Eterna a mais torcedores no território brasileiro", comentou Juan Emilio Roa, Diretor Comercial da Conmebol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.