Patrik Stollarz/AFP Photo
Patrik Stollarz/AFP Photo

Schalke 04 derrota o Hamburgo e assume a vice-liderança do Campeonato Alemão

Equipe sobe duas posições, chega aos 23 pontos e fica apenas a seis do líder Bayern de Munique

Estadão Conteúdo

19 Novembro 2017 | 17h26

Em boa fase no Campeonato Alemão, o Schalke 04 derrotou o Hamburgo por 2 a 0, neste domingo, na Veltins-Arena, em Gelsenkirchen, e assumiu a vice-liderança da competição. A vitória, válida pela 12.ª rodada, foi a quarta em cinco jogos, sendo que o time está invicto há seis partidas.

+ Leia mais notícias sobre futebol internacional

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Alemão

+ 'Leões não se recuperam como seres humanos', diz Ibrahimovic

Com os três pontos, o Schalke 04 subiu seis posições na tabela de classificação para assumir a vice-liderança, chegando aos mesmos 23 pontos do terceiro colocado RB Leipzig, mas à frente por ter saldo de gols superior (6 a 5), e a seis do líder Bayern de Munique. Em situação oposta, o Hamburgo aparece na 15.ª colocação e é o primeiro time fora da zona do rebaixamento, com dois pontos acima do Freiburg.

Os gols do agora vice-líder do Campeonato Alemão na partida, muito equilibrada e com poucas chances de gol para os dois times, saíram dos pés da dupla de ataque. De pênalti, o argentino Di Santo abriu o placar no começo do primeiro tempo. O austríaco Burgstaller fez o gol que decretou a vitória no final do confronto.

No jogo que encerrou a rodada, o Werder Bremen, enfim, conquistou a sua primeira vitória no Campeonato Alemão. Para lavar a alma, goleou o Hannover por 4 a 0, no Weserstadion, em Bremen, e deixou a 17.ª e penúltima colocação na tabela de classificação. Agora é o 16.º com 8 pontos, à frente do Freiburg, que tem a mesma pontuação mas perde para no saldo de gols (-10 contra -17). Na oitava posição, com 18 pontos, o Hannover, com a derrota, perdeu a chance de entrar na zona de classificação para a Liga dos Campeões da Europa.

Mais conteúdo sobre:
Futebol Internacional futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.