Schalke apela contra inscrição de Drogba no Galatasaray

O Schalke 04 confirmou nesta quinta-feira que apelará na Uefa e pedirá a anulação do empate por 1 a 1 diante do Galatasaray, ocorrido na última quarta, na Turquia, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. O clube alemão protesta contra a inscrição do atacante Didier Drogba pelo time turco e pede a vitória no confronto.

AE-AP, Agência Estado

21 de fevereiro de 2013 | 12h32

"Há dúvidas quanto a legitimidade da inscrição do Drogba na Liga dos Campeões. O Schalke quer seus direitos respeitados e está em busca disso", apontou o clube através de sua página oficial no Twitter.

De acordo com o Schalke, a Uefa deve examinar a conturbada saída de Drogba do Shanghai Shenhua, da China, para o Galatasaray, ocorrida no fim de janeiro. O clube chinês já afirmou que possui provas de que o contrato com o atacante marfinense continua em vigor, o que impediria sua ida para outra equipe.

A Fifa, no entanto, decidiu a favor do jogador na semana passada e o liberou para jogar pelo Galatasaray. Drogba deixou o Shangai Shenhua após uma briga jurídica, alegando que o time chinês não vinha pagando seus salários.

Enquanto a Uefa não se posiciona sobre o caso, Schalke e Galatasaray tem o confronto de volta pela Liga dos Campeões marcado para o dia 12 de março. O time alemão precisa apenas de um empate sem gols, em casa, para avançar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.