Friedemann Vogel/ EFE
Friedemann Vogel/ EFE

Schalke cede empate ao Colônia no fim e perde chance de assumir ponta do Alemão

Time da casa sofre gol nos acréscimos do segundo tempo em jogo válido pela sétima rodada da competição

Redação, Estadao Conteudo

05 de outubro de 2019 | 17h54

O Schalke 04 tinha tudo para chegar à liderança do Campeonato Alemão neste sábado, mas um gol do Colônia nos acréscimos do segundo tempo frustrou os planos do time da casa em jogo válido pela sétima rodada do torneio nacional.

Depois da derrota do Bayern de Munique para o Hoffenheim por 2 a 1, o Schalke precisava de uma simples vitória para chegar à ponta. O volante alemão Suat Serdar até animou a torcida em Gelsenkirchen, mas o lateral-esquerdo germânico Jonas Hector deixou tudo igual e jogou um banho de água fria nos mandantes.

O resultado deixa o Schalke na quarta posição da tabela, com 14 pontos. É a mesma soma de todos os outros times do Top 5, que são separados pelo saldo de gols e também já jogaram nesta rodada.

O líder é o Bayern de Munique, seguido por RB Leipzig e Freiburg. O quinto colocado é o Bayer Leverkusen. O Colônia tem apenas quatro pontos e está na vice-lanterna do Alemão.

Apesar da péssima posição na tabela, os visitantes deram trabalho. Entretanto, quem saiu na frente foram os donos da casa. O placar foi aberto apenas na segunda etapa, aos 26 minutos. Após cruzamento do lateral-esquerdo alemão Bastian Oczipka, o zagueiro senegalês Salif Sané cabeceou para o meio da área e Serdar completou.

Depois do gol, o Schalke passou a ser pressionado e viu o goleiro alemão Alexander Nübel evitar o empate com milagres até os 45 minutos. No entanto, o empate veio nos acréscimos.

Hector desviou cobrança de escanteio na primeira trave e igualou o marcador, fechando a partida em 1 a 1. Na próxima rodada, no dia 20 de outubro, o Schalke visita o Hoffenheim. No mesmo dia, o Colônia recebe o Padeborn.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.