Schalke respeitou Barcelona demais, diz técnico do time alemão

O técnico do Schalke04, Mirko Slomka, afirmou que seus jogadores não vão repetir oerro de mostrar um respeito excessivo pelo Barcelona quando osdois times se reencontrarem na segunda rodada dasquartas-de-final da Liga dos Campeões, na próxima semana, noestádio Camp Nou. Após permitir que o Barça marcasse logo no começo do jogo,no vagaroso primeiro tempo da partida disputada na terça-feiraem Gelsenkirchen, o time alemão não teve sorte para empatar,desperdiçando várias oportunidades excelentes de gol na segundametade do confronto. O gol marcado por Bojan Krkic aos 12 minutos de jogo foisuficiente para garantir a vitória de 1 a 0 para o Barcelona,que estava sob pressão após ter sido derrotado por 3 a 2 peloReal Betis, de virada, pelo campeonato espanhol, em uma partidadisputada no fim de semana passado. "Nosso respeito por eles foi excessivo no começo. Mas, nosegundo tempo, fomos muito mais corajosos e criamos váriasoportunidades", afirmou Slomka, em uma entrevista coletiva. "Sabíamos que teríamos algumas chances já que o Barcelonatomou vários gols recentemente", acrescentou. "Claro que não podemos começar a pensar que vamos jogarassim durante os 90 minutos da partida em Barcelona. Noentanto, com base no segundo tempo, acho que ainda temos umachance. Precisamos apenas nos aproveitar dela." O Schalke tem encontrado dificuldades para balançar asredes nesta edição da Liga dos Campeões, tendo marcado apenasseis vezes em nove jogos. "Na Liga dos Campeões, temos de aproveitar chances como asque tivemos", afirmou Slomka. "Infelizmente, alguns de nossosjogadores criativos estavam machucados hoje e eles fizeramfalta. Talvez um ou dois deles voltem para atuar no segundojogo, o que nos ajudaria."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.