Reprodução Twitter Oldham Athletic
Reprodução Twitter Oldham Athletic

Scholes pede demissão e deixa time da 4ª divisão inglesa após um mês

Ex-meia renuncia ao cargo de técnico do Oldham e admite que não era capaz de atuar no nível desejado

Redação, Estadão Conteúdo

14 de março de 2019 | 15h18

A primeira experiência de Paul Scholes como treinador durou apenas um mês. Nesta quinta-feira o ex-jogador do Manchester United pediu demissão do cargo no Oldham Athletic, da quarta divisão da Inglaterra, apenas 31 dias após ser apresentado como técnico da equipe.

Em comunicado, Scholes explicou que "no curto período desde que eu assumi o cargo, infelizmente ficou claro que eu não seria capaz de atuar como eu pretendia e fui levado a acreditar antes de aceitar a proposta".

Scholes estreou com goleada por 4 a 1 sobre o Yeovil Town, mas, de lá para cá, somou três empates e três derrotas. Com este retrospecto, o treinador deixa a equipe na 14.ª colocação da quarta divisão inglesa, com 48 pontos em 37 partidas.

"Eu esperava, ao menos, aproveitar meu período inicial de 18 meses como técnico do clube que eu apoiei a vida toda. Os torcedores, os jogadores, meus amigos e família, todos sabiam o quão orgulhoso e empolgado eu estava por assumir este posto", afirmou Scholes.

O ex-jogador tinha contrato com o Oldham até o fim da temporada 2019/2020. Aposentado dos gramados desde 2013, após atuar durante toda a carreira pelo Manchester United, Scholes passou a maior parte dos últimos anos como comentarista de TV. Ele também é um dos donos do Salford, da quinta divisão nacional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.